INVESTIMENTOS

Aprenda o que significam os principais termos usados no Mercado Financeiro

Se você deseja investir seus recursos é necessário, antes, compreender o que significam os principais termos usados no Mercado Financeiro. Afinal, ter conhecimento sobre esse assunto é fundamental para realizar as melhores opções de aplicações e obter os mais vantajosos retornos sobre seus investimentos.

 

Renda fixa

O termo renda fixa se refere a qualquer tipo de investimento que possui regras de remuneração definidas no momento da aplicação no título. Essas regras estipulam o prazo e a forma pela qual a remuneração será calculada e paga ao investidor.

Sendo assim, essa remuneração pode ser aplicada de duas formas. A renda fixa prefixada é aquela na qual o investidor conhece antecipadamente os retornos de seus investimentos no momento da compra.

A renda pós-fixada é semelhante à anterior, entretanto, a sua remuneração estará indexada a um índice como o CDI, IPCA, Selic, TR.

Aplicações em renda fixa são mais indicadas para pessoas com perfil de investimento conservador ou moderado.

 

Renda Variável

Ativos de renda variável são aqueles cuja remuneração ou rentabilidade não pode ser calculada no momento do investimento, podendo sofrer variações positivas ou negativas, de acordo com as expectativas do mercado financeiro.

Os ativos mais utilizados são:

  • Ações;
  • Fundos de renda variável – fundo de ações e multimercados;
  • Commodities – como moeda, ouro, soja etc.,
  • Derivativos – opções, futuros, swaps e contratos a termo.

Os ativos de renda variável são indicados para investimentos de longo prazo e investidores com perfil arrojado. Isso se deve ao fato de possuírem uma maior exposição a riscos em troca de uma expectativa de rentabilidade mais elevada.

 

CDB

CDB – Certificado de Depósito Bancário – é um título privado muito comum e talvez um dos mais conhecidos entre os principais termos usados no Mercado Financeiro.

CDB nada mais é do que um deposito a prazo feito pelo investidor na instituição financeira, um produto de renda fixa tradicional. Bancos costumam utilizar CDB como forma de captação de recursos junto aos investidores, para que possam disponibilizar linhas de créditos a pessoas físicas e empresas.

Tais investimentos são segurados pelo FGC – Fundo Garantidor de Crédito, que assegura o ressarcimento de valores aplicados até o limite de R$ 250 mil, caso a instituição seja fechada.

Algumas características do CDB são:

  • Rentabilidade prefixada ou pós-fixada para diferentes prazos;
  • Incidência de IR sobre a rentabilidade obtida,
  • Prazo: Com ou sem liquidez diária.

Ao adquirir um CDB, o investidor está realizando uma espécie de “empréstimo” para a instituição financeira, em troca de uma rentabilidade diária – CDI, IPCA, TR, Selic;

 

LCA (Letras de Crédito do Agronegócio) / LCI (Letras de Crédito Imobiliário)

As LCAs são títulos de crédito com lastro de créditos do agronegócio, garantidos por hipoteca ou por alienação fiduciária. Já as LCIs são títulos de crédito com lastro de créditos imobiliários, garantidos por hipoteca ou por alienação fiduciária.

As características desses títulos são:

  • Rentabilidade prefixada ou pós-fixada;
  • Garantia de até R$ 250 mil, pelo FGC, por instituição financeira e CPF;
  • Investimento com a isenção de cobrança de IR e IOF sobre a rentabilidade;
  • Prazo: Liquidez somente no vencimento – sem possibilidade de resgate antecipado.

A principal vantagem da LCA e LCI é a isenção de IR sobre a rentabilidade auferida.

O que são os lastros de LCA / LCI?

Os Bancos só podem oferecer investimentos em LCA e LCI se possuírem operações de crédito – empréstimos – com empresas dos setores imobiliário e do agronegócio.

Essas operações de crédito produzem os lastros para a oferta de investimentos em LCA / LCI. Ou seja, os lastros que compõem o investimento em LCA/LCI são provenientes dos empréstimos do banco para ambos os segmentos.

A isenção da cobrança de IR sobre a rentabilidade auferida por pessoa física vem do incentivo do governo para os setores do agronegócio e imobiliário.

 

Debêntures

Debênture é um título de crédito representativo da dívida de uma empresa junto a terceiros. A rentabilidade desse tipo de título pode ser prefixada ou pós-fixada (CDI, IPCA, etc.).

Debenture é um tipo de investimento que possui o mesmo mecanismo de cálculo do CDB, Letra de Câmbio (LC) e Letra Financeira (LF). Além disso, ela costuma render mais se comparada a ativos tradicionais, tais como a Poupança e o Tesouro Direto.

As debêntures não possuem a proteção do FGC.

 

LF – Letras Financeiras

LFs são títulos de renda fixa emitido por instituições financeiras com a finalidade de captar recursos de longo prazo, dado que tem vencimento superior a dois anos.

Suas características são:

  • Rentabilidade prefixada ou pós-fixada para diferentes prazos;
  • O prazo mínimo de aplicação é de 730 dias (02 anos);
  • Prazo: Liquidez somente no vencimento (sem a possibilidade de resgate antecipado).
  • Não possui a garantia do FGC.

 

LC (Letra de Câmbio)

As LCs são títulos de renda fixa semelhantes ao CDB; sendo que a principal diferença entre eles é que o CDB é emitido por um Banco e a Letra de Câmbio é emitida por uma Financeira.

As LCs oferecem vantagens como:

  • Excelente instrumento financeiro para diversificação do portfólio de investimentos;
  • Oferece rentabilidade diferenciada;
  • Prazo: Liquidez somente no vencimento – sem a possibilidade de resgate antecipado;
  • Garantia de até R$ 250 mil, pelo FGC, por instituição financeira e CPF.

Gostaria de uma boa sugestão de investimento? O Banco Daycoval possui ótimas opções de investimentos para todos os perfis de investidor – seja você conservador, moderado ou arrojado – e, além disso, também oferece uma assessoria de investimentos diferenciada e totalmente a sua disposição.

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound