INVESTIMENTOS

LCI e LCA: conheça essas aplicações isentas de impostos

Um dos motivos que faz muitos investidores preferirem a caderneta de poupança, a despeito do baixo rendimento, é o fato de ser isenta de impostos.

 

Poucos sabem, no entanto, que há opções com maior rentabilidade e que também não pagam Imposto de Renda (IR) ou Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). Entre elas estão as Letras de Crédito Imobiliário (LCIs) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs).

 

LCIs e LCAs são investimentos de renda fixa que funcionam de uma forma bem simples: o banco emite um título para os investidores interessados garantindo que, em determinado prazo, eles terão seu dinheiro de volta acrescido de taxa de juros, que pode ser pré ou pós-fixada. Na outra ponta, o banco empresta para empresas agrícolas produzirem novas safras ou incorporadoras investirem em projetos imobiliários.

 

O risco para o investidor é considerado muito baixo.

 

Isto porque ele é credor do banco, não de quem pegou o empréstimo lastreado na LCI ou LCA. E isso é uma das grandes vantagens dessa aplicação.

 

O contrato do investidor é com o banco e é ela, a instituição financeira, que dará as garantias de pagamento. Além disso, LCIs e LCAs contam com proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) até o limite de R$ 250 mil por instituição e por CPF.

 

Mas, como todo investimento, é importante que, antes de fazer a aplicação, o investidor tenha cuidados e critérios na escolha. Os principais pontos que você deve considerar ao investir em LCIs e LCAs são:

 

  1. A solidez do banco investidor: Isso pode ser conferido acompanhando as informações financeiras da instituição. Vale lembrar que, no caso de investimentos ou saldo em conta corrente até R$ 250 mil por CPF, há cobertura do FGC;
  2. O prazo de vencimento: as LCIs e LCAs não permitem resgate antecipado. O valor é creditado na conta no prazo estabelecido. No caso do Banco Daycoval, o prazo é de 90 dias (três meses). Veja se o prazo da aplicação “casa” com o período em que você pretende dispor do dinheiro;
  3. Verificar se a aplicação é pré ou pós-fixada: Na aplicação prefixada, o investidor já sabe de antemão, no momento da aplicação, a taxa de juros que será aplicada. Já na pós-fixada essa taxa pode oscilar, de acordo com os juros de mercado.
  4.  Confira o lastro: O Banco Daycoval costuma ter lastros diarimente e a plataforma on-line Daycoval Investe permite que o cliente consiga agendar suas aplicações 7 dias na semana, 24 horas por dia.

 

Para mais informações, acesse www.daycovalinveste.com.br e saiba tudo sobre LCI e LCA, tento excelentes opções para investir agora!

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound