INVESTIMENTOS

Veja como investir o valor do resgate do IPCA+ 2019

Nesta quarta-feira, 15 de maio, mais de 120 mil investidores recebem em suas contas o resgate dos títulos do Tesouro Direto da série IPCA+ 2019. É o maior resgate de títulos públicos da história do país, em um total de R$ 9 bilhões. Quem fez o investimento no lançamento dos títulos, em 2013, acumulou rendimento de 64%. Esses investidores agora devem estar se perguntado o que fazer com o dinheiro do resgate: reaplicar no Tesouro Direto ou buscar outra aplicação?

 

Uma característica dos investidores do Tesouro Direto é que costumam ser do tipo conservador. Ou seja: não querem correr riscos. Há ainda uma parcela de investidores moderados ou arrojados que escolheram o Tesouro Direto dentro de uma estratégia de diversificação.

 

O Tesouro Direto é, de fato, uma aplicação considerada tão segura quanto a caderneta de poupança, porém com uma rentabilidade melhor.

 

Mas os bancos oferecem outras opções também conservadoras e que, em alguns casos, são isentas de Imposto de Renda, lembrando que quem está resgatando os títulos da série IPCA+19 teve automaticamente descontado o IR, de 15% a 22,5% sobre a rentabilidade, dependendo do prazo da aplicação (quanto maior o prazo, menor o IR).

 

Tem que pagar imposto….

É uma mordida considerável. Veja o exemplo do investidor que aplicou R$ 100 mil no IPCA+ 2019 no lançamento, em 2013. O resgate bruto foi de cerca de R$ 164.000. Mas o líquido recebido foi de R$ 154.400, pois R$ 9.600 (ou 15%) ficaram com o “leão”.

Entre os investimentos conservadores e isentos de impostos, há as Letras de Crédito Imobiliário (LCIs) e Letras de Crédito Agrícola (LCAs).

 

O que são?

LCIs e LCAs são investimentos de renda fixa que funcionam de uma forma bem simples: o banco emite um título para os investidores interessados garantindo que, em determinado prazo, eles terão seu dinheiro de volta acrescido de taxa de juros, que pode ser pré ou pós-fixada. Na outra ponta, o banco empresta para empresas agrícolas produzirem novas safras ou incorporadoras investirem em projetos imobiliários.

 

O risco para o investidor é considerado muito baixo. Isto porque ele é credor do banco, não de quem pegou o empréstimo lastreado na LCI ou LCA. E isso é uma das grandes vantagens dessa aplicação. Além disso, LCIs e LCAs do Banco Daycoval contam com proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) até o limite de R$ 250 mil para o caso de insolvência da instituição financeira.

Na Plataforma Aberta Daycoval Investe, há opções de LCIs e LCAs com prazos de vencimento a partir de 90 dias. Quanto maior o prazo da aplicação, maior a rentabilidade oferecida.

 

Confira aqui as opções:

LCI: https://daycovalinveste.com.br/produtos/lci

LCA:  https://daycovalinveste.com.br/produtos/lca

 

Voltar para o Tesouro Direto?

Reinvestir no Tesouro Direto também pode ser uma opção, é claro. Mas é importante ficar de olho no prazo. O título com vencimento mais curto ofertado hoje pelo Tesouro Nacional do mesmo tipo do que venceu é o Tesouro IPCA + 2024.

 

Quem aplicar receberá, em 15 de agosto de 2024, o dinheiro corrigido pela inflação oficial do governo (IPCA), mais a taxa de juros de 3,87% ao ano. Mas, para que esta rentabilidade esteja garantida, é preciso efetivamente esperar até a data de vencimento.

 

Para quem pretende ficar até o vencimento, pode ser uma boa opção. Mas os investidores que podem precisar do dinheiro antes devem olhar com atenção aplicações conservadoras com prazos mais curtos.

 

Isto porque, no dia a dia, o valor dos títulos do Tesouro Direto oscila. Embora o investidor possa vender seus títulos a qualquer momento, pode acabar perdendo dinheiro caso a negociação ocorra em um momento de baixa. Ou seja: a rentabilidade só está garantida se aguardar o vencimento.

 

E aplicações mais arrojadas?

Em 2013, quando os títulos da série IPCA 2019 foram lançados, tanto a inflação quanto as taxas de juros eram bem mais elevadas do que as do cenário atual. E isso explica a excelente rentabilidade obtida pelos títulos que venceram em 15 de maio. Atualmente, com taxas de juros reduzidas, os investidores devem analisar com cuidado a possibilidade de diversificar seus investimentos não apenas entre outras opções conservadoras, mas também moderadas ou até arrojadas.

 

Vale dar uma olhada na plataforma aberta Daycoval Investe, que oferece títulos de renda fixa do Daycoval e de outras instituições e fundos de investimento de diversas categorias, como multimercado, crédito e ações, geridos pela Daycoval Asset Management ou por gestoras independentes escolhidas cuidadosamente pelo banco.

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound