PALAVRA DO ECONOMISTA

Agenda Econômica – 18/11 a 22/11

Veja aqui os eventos da próxima semana

Destaque da semana

Nesta semana, os destaques da agenda econômica doméstica foram os dados de atividade econômica como as vendas no varejo, o volume de serviços e o índice mensal de atividade do Banco Central (IBC-BR).

No exterior, o tema “Guerra Comercial” retornou à pauta com notícias de fontes próximas às negociações sobre barreiras para o avanço das negociações EUA x China. No início da semana houve volatilidade com o desencontro de informações. De um lado as agências governamentais chinesas indicaram que uma redução das tarifas impostas estaria próxima por ambos os país, mas do outro, Donald Trump, indicou que poderia subir substancialmente as alíquotas caso as negociações não caminhassem na direção correta.

Além dos desenvolvimentos geopolíticos, nesta semana foram divulgados dados de atividade econômica de algumas economias centrais. O destaque certamente recai sobre o PIB da Alemanha que no 3º trimestre cresceu 0,1% evitando a recessão técnica. A expectativa era de queda 0,1%. A zona do Euro, por sua vez, cresceu 0,2% no trimestre, em linha com as expectativas. Por outro lado, surpreendeu os dados econômicos da China. Em outubro o volume da produção industrial cresceu 4,7% abaixo da expectativa de 5,2%. Em linha com este movimento de aparente dificuldade de manutenção do nível de atividade econômica na Ásia e consequências da guerra comercial, o Japão apresentou um crescimento no 3º trimestre, em termo anualizados, de 0,2% ante uma expectativa de 0,9%.

Retornando ao Brasil, na quarta-feira (13), o IBGE divulgou os dados das vendas no varejo. O volume de vendas cresceu 0,7% em setembro ante o mês imediatamente anterior, na série ajustada sazonalmente. O varejo ampliado, que inclui as vendas com veículos e material de construção, cresceu 0,9%, também na métrica dessazonalizada.

O destaque da leitura de setembro para o varejo foram os impulsos da semana de promoções promovida pelo Governo chamada “Semana do Brasil” e em menor parcela a liberação dos saques do FGTS em meados do mês. (Para saber mais leia nosso post completo aqui).

O setor de serviços avançou 1,2% em setembro ante o mês imediatamente anterior, ajustado sazonalmente e 1,5% contra o mesmo período do ano anterior. Tal resultado foi acima da expectativa do mercado, que esperava variação interanual de 0,5%.

O IBC-BR também fechou em linha com os dados de varejo e serviços. No mês de setembro o índice cresceu 0,44% ajustado sazonalmente, também acima da expectativa do mercado (0,30%) e levemente acima do esperado por nós (0,38%).

Em resumo, os dados de atividade desta semana vêm corroborando com nossa visão de uma retomada mais evidente a partir do segundo semestre, somando-se a dados melhores tanto de emprego, evidentemente os dados acima do esperado para o Caged e, também, ao crédito.

Próxima semana

Para a próxima semana, o destaque da agenda será o IPCA-15 de novembro. Esperamos taxa de inflação de 0,16% e 2,69% no acumulado em 12 meses. Incorporado nesta projeção estão as alterações de bandeira tarifária, choque em proteínas e em menor magnitude reajustes em combustíveis dada a política de preços da Petrobras.

No exterior, teremos a Ata do FOMC sobre a última decisão de política monetária do Fed e os PMIs tanto da Zona do Euro quanto do EUA.

Rafael G. Cardoso, economista-chefe

rafael.cardoso@bancodaycoval.com.br

Antônio Castro

antonio.castro@bancodaycoval.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound