Categorias

Quer se livrar da inadimplência? Cautela e planejamento são o caminho

Manter as contas em dia nem sempre é uma tarefa fácil. Um levantamento realizado neste mês pela Febraban com o Banco Central mostra que 69,4% dos brasileiros empatam ou gastam mais do que ganham. Se você não quer fazer parte dessa estatística, a receita é apostar no planejamento. Continue lendo este artigo e confira dicas para evitar a inadimplência.

Para não cair na tentação do consumo desnecessário e manter as contas em dia, é importante parar para pensar antes de realizar qualquer compra ou contratação de empréstimos. Para as famílias com parte ou totalidade dos seus rendimentos variável, a atenção deve ser redobrada. Nesses casos, é fundamental contar com uma margem de segurança para impedir o comprometimento de um orçamento que pode vir a não se concretizar. Para evitar surpresas, faça um histórico de suas receitas para saber de fato qual é a sua renda média efetiva. Ou seja, tão importante quanto olhar para as despesas é olhar para as receitas.

Diante disso, preparamos aqui uma série de dicas e orientações para você fugir das principais situações que podem levar ao endividamento e, consequentemente, à inadimplência. Manter as contas em dia é fundamental, inclusive para a saúde das pessoas: a pesquisa da Febraban e Banco Central indicou que entre os cinco mil entrevistados, 58,4% disseram que as finanças são um motivador de estresse.

Mas afinal, como evitar a inadimplência?

Para manter as contas em dia e evitar a inadimplência — quando o consumidor não paga seus débitos até a data de vencimento –, a regra é que as compras e ou parcelas dos empréstimos não ultrapassem o limite de 30% da renda mensal familiar — patamar considerado seguro por especialista, sem comprometer gastos essenciais como alimentação e moradia. Outra dica é fazer uma planilha com todos os gastos e com a renda disponível. Desta forma, você não corre o risco de comprometer a sua renda além do limite considerado saudável para manter as contas em dia. Além disso, evite financiamentos muito longos, optando por taxas de juros menores e menor número de parcelas.

Como sair da inadimplência?

Para colocar as contas em dia, a recomendação também é planejamento. Neste caso, é essencial listar todas as contas e parcelas em aberto e separar por grupos (essenciais como água, luz… e aquelas com taxa de juros mais altas, como cartões e cheque especial). Com tudo organizado, relacione todos os ganhos da família para saber quanto tem disponível para a quitação dos débitos, já considerando os custos mensais pessoais. Bônus e 13º salário podem servir como reserva para o pagamento de dívidas em atraso.

Como contratar empréstimos ou fazer contas sem comprometer toda a renda?

Novamente: planejamento e jamais comprometer mais que 30% da renda familiar. Para evitar o endividamento, fuja de crédito caro como cheque especial ou rotativo do cartão de crédito. Antes de contratar um empréstimo, pesquise as melhores taxas de juros em diferentes estabelecimentos.

O Banco Daycoval é reconhecido pela sua experiência em crédito para pessoa física e empresa, com taxas competitivas e com orientação aos clientes para que não comprometam seu orçamento e evitem superendividamento. Saiba mais no nosso site.

Alguns lembretes para evitar a inadimplência: planejamento, se usar cheques pré-datados, anote as datas de vencimento e inclua o gasto em uma planilha de gastos pessoais. O mesmo vale para as compras no cartão, anote os valores e o número de parcelas. Sobre o cheque especial: evite! Nessa modalidade, as taxas de juros são muito altas e a dívida pode sair do controle.

\"\"

Para saber seu índice, basta entrar no site indice.febraban.org.br 

Recomendar Conteúdo:
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook

Quem leu essa matéria também gostou

Matérias mais lidas

Gostaria de receber novidades?

    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

    WhatsApp
    LinkedIn
    Twitter
    Facebook

      Ei, tá curtindo o nosso Blog?

      Inscreva-se para receber as nossas novidades dicas financeiras exclusivas e conteúdo especial na sua caixa de entrada.




      Obrigado por se inscrever!