Taxas de fundos de investimento: conheça as principais!

Taxas de fundos de investimento

Entender as taxas dos fundos de investimento ajuda a avaliar se essa opção do mercado financeiro pode ser uma boa para diversificar a sua carteira.

Uma das grandes vantagens dos fundos é, justamente, esse acesso diferenciado a diversos ativos, como ações, títulos de renda fixa e câmbio, entre outros, e que são mantidos por   gestores especializados.

Ou seja: o investidor não precisa se preocupar com a gestão diária dos ativos, pois essa tarefa fica a cargo de um profissional.

Mas vale a pena investir em fundos de investimentos? Confira, a seguir, a nossa análise e, especialmente, o cuidado que se deve tomar ao considerar os fundos em sua carteira.

Taxas de fundos de investimento

O que são taxas de fundos de investimento?

As taxas de fundos de investimento são cobranças que incidem sobre esses ativos. Elas podem servir, por exemplo, para remunerar os gestores e cobrir os custos operacionais de administrar o fundo. Por isso, é importante compreender os valores praticados antes de decidir onde investir.

Para que servem as taxas de fundos de investimento?

As taxas de fundos de investimento têm diversas finalidades e são cobradas para sustentar as operações e a gestão profissional do fundo. Em suma, as taxas servem para:

  • remunerar o gestor do fundo para que ele continue agindo estrategicamente no desenvolvimento do patrimônio do fundo;
  • cobrir custos operacionais, já que os fundos de investimento têm despesas associadas à sua operação, como custódia dos ativos, serviços de auditoria, contabilidade, consultoria e outros serviços administrativos;
  • incentivar o desempenho, uma vez que a taxa de performance, quando aplicada, serve como estímulo para que o gestor busque superar os benchmarks de mercado ou metas pré-definidas, pois o gestor recebe uma parte dos ganhos excedentes;
  • cobrir as despesas com infraestrutura e tecnologia para garantir um funcionamento eficiente e seguro para os investidores.

Vale lembrar que nem todo ativo vai cobrar todas as taxas de fundos de investimento. O que exige planejamento e boa análise dos produtos a fim de encontrar o ideal para as suas necessidades e os seus objetivos.

Saiba mais: Guia Completo: conheça os diferentes tipos de ações e descubra em qual é melhor investir

Como as taxas de fundos de investimento funcionam?

As taxas de fundos de investimento funcionam de maneira a serem calculadas sobre o patrimônio líquido ou os ganhos do fundo, e são cobradas de acordo com o tipo de taxa e o regulamento do fundo.

Daí, a importância em descobrir quais são as taxas praticadas nas aplicações do seu interesse. E, assim, identificar quais são as ideais para você.

Veja também: Top 3 melhores fundos de investimento de renda fixa do Daycoval: conheça e invista!

Taxas de fundos de investimento

Quais são as principais taxas de fundos de investimento?

Quais são, afinal de contas, as principais taxas de fundos de investimento cobradas? Vamos falar sobre algumas delas, a seguir.

Taxa de administração

Essa taxa é aplicada como uma forma de remuneração do gestor, além dos outros prestadores que dão suporte à operação.

A taxa é expressa em percentual ao ano e pode variar entre os fundos e as gestoras/administradoras. Apesar de serem apresentadas em   valores anuais, são cobradas mensalmente.

Assim, os valores da sua cota diária já são previstos com o desconto da taxa de administração.

Taxa de performance

Ela incide quando o resultado de um fundo supera um patamar previamente acordado. Seria como uma espécie de remuneração baseada no resultado que o fundo tem em comparação com o referencial estabelecido.

Existem dois métodos principais para calcular a taxa de performance:

  • método do passivo, em que a taxa incide sobre as aplicações que superaram o benchmark;
  • método do ativo, em que a base de cálculo é o ganho do fundo em comparação com o benchmark.

Taxa de custódia

A taxa de custódia é cobrada de acordo com o armazenamento e a manutenção segura dos ativos do fundo, garantindo que eles estejam registrados corretamente e protegidos.

Usualmente, ela é expressa em percentual ao ano ou em um valor fixo mensal, e pode variar dependendo do fundo e da instituição que fornece o serviço de custódia.

Taxas de entrada e saída

A taxa de entrada (ou taxa de carregamento) é cobrada no momento em que o investidor faz um aporte no fundo. 

O valor pode ser uma porcentagem do montante investido e visa cobrir custos administrativos ou incentivar a permanência do investidor no fundo.

Já a taxa de saída (ou taxa de resgate) é cobrada quando um investidor decide resgatar suas cotas antes do prazo padrão de liquidação e cotização do fundo. É um percentual sobre o valor resgatado e serve para desincentivar resgates antecipados, garantindo estabilidade ao fundo.

Quer aprender a valorizar o seu patrimônio com a nossa ajuda?

Taxas de fundos de investimento
Taxas de fundos de investimento

Conclusão

Viu como é essencial a compreensão sobre o que são as taxas de fundos de investimento e os motivos pelos quais elas são aplicadas?

Como vimos ao longo do artigo, elas afetam o retorno dos investimentos e cobrem custos operacionais, remuneração dos gestores e outras despesas associadas ao fundo.

Mas isso tudo não é à toa: essa cobrança oferece a vantagem de acesso a uma variedade de ativos sob a gestão de profissionais especializados, mas é crucial escolher os fundos com base em um planejamento cuidadoso e alinhado aos seus objetivos financeiros. 

Portanto, você deve avaliar atentamente as taxas praticadas por cada fundo, incluindo taxas de administração, performance, custódia, entrada e saída, para tomar decisões informadas e aproveitar as oportunidades do mercado financeiro.

E conte conosco para identificar oportunidades de investimentos que vão se alinhar, especificamente, ao seu perfil!

Recomendar Conteúdo:
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook

Quem leu essa matéria também gostou

Matérias mais lidas

Gostaria de receber novidades?

    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

    WhatsApp
    LinkedIn
    Twitter
    Facebook

      Ei, tá curtindo o nosso Blog?

      Inscreva-se para receber as nossas novidades dicas financeiras exclusivas e conteúdo especial na sua caixa de entrada.


      Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.


      Obrigado por se inscrever!

        Ei! Espera um minutinho, por favor!

        Inscreva-se no Blog Daycoval para receber as nossas novidades, dicas financeiras exclusivas e conteúdo especial na sua caixa de entrada.


        Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.


        Obrigado por se inscrever!