PALAVRA DO ECONOMISTA

Macro Alerta | PIB do 1T mostra impactos da pandemia

Veja o relatório em PDF aqui

O Produto Interno Bruto (PIB) apresentou retração de 1,5% no primeiro trimestre de 2020, comparado ao quarto trimestre de 2019, na série ajustada sazonalmente e0,3% contra o primeiro trimestre de 2019. O resultado veio ligeiramente melhor que nossa projeção na comparação com o mesmo período do ano passado (-0,4%) e, portanto, também na margem (-1,7%). No acumulado de quatro trimestres, terminando em março de 2020, o índice registrou aumento de 0,9%, contra os quatro trimestres imediatamente anteriores.

Os efeitos da pandemia de COVID-19 já se fizeram presentes nesta leitura, mas de forma somente parcial. Neste sentido, a maturação dos impactos deverá ocorrer de forma mais intensa ao longo do segundo trimestre, o qual pode apresentar variação de quase 10% na margem. Com os dados mais atuais em mãos e considerando alguma normalização da atividade econômica ao longo do terceiro trimestre projetamos que o PIB de 2020 cederá em torno de 7%.  

Rafael G. Cardoso, economista-chefe

rafael.cardoso@bancodaycoval.com.br

Antônio Castro, analista econômico

antonio.castro@bancodaycoval.com.br

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound