PALAVRA DO ECONOMISTA

Morning Call – Bolsas asiáticas avançam com recuperação econômica, mas onda de contaminação nos EUA preocupa

No exterior, as bolsas asiáticas fecharam em alta nesta quinta-feira, lideradas pelos mercados chineses, que deram continuidade a um rali recente após dados de inflação locais reforçarem expectativas de recuperação econômica.

Dados oficiais mostraram que a inflação chinesa volta a ganhar força após o violento impacto da pandemia de coronavírus, sugerindo que a segunda maior economia do mundo permanece em trajetória de recuperação. A inflação anual ao consumidor na China acelerou de 2,4% em maio para 2,5% em junho, enquanto a taxa de inflação anual ao produtor diminuiu de -3,7% para -3% no mesmo período.

Nos mercados de câmbio, a moeda chinesa também se fortaleceu, chegando a ser negociada a menos de 7 yuans por dólar durante a madrugada.

Apesar do tom positivo, investidores na região asiática monitoram com apreensão o forte avanço do coronavírus nos EUA, que ontem ultrapassaram a marca de 3 milhões de casos da doença com o aumento do contágio em meio ao processo de reabertura econômica.

Na Europa, por outro lado, as bolsas operam com viés negativo nesta manhã, pesando o avanço da COVID-19 nos EUA, conforme mencionado acima.

Apesar disso, o presidente americano, Donald Trump, insiste que manterá a reabertura econômica e vem pressionando para que as escolas reabram durante o outono local, que começa em 22 de setembro.

Outro foco de preocupação é a Alemanha. A maior potência econômica europeia continua dando sinais de recuperação, mas não no ritmo desejado. Em maio, as exportações alemãs subiram 9% na comparação mensal, mas o mercado esperava um salto ainda mais robusto, de 13,5%. Nesta semana, a produção industrial alemã também decepcionou, ao crescer menos do que o previsto.

No Brasil, em meio à agenda econômica mais fraca, fica no radar uma videoconferência do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e do vice-presidente Hamilton Mourão com investidores internacionais para tratar do desmatamento na Amazônia.

Diante das críticas internacionais sobre a gestão do meio ambiente no governo, a Câmara desenterrou ontem à noite, após quase uma década engavetado, o Protocolo de Nagoya, que foi aprovado de forma simbólica e unânime, em um acordo que uniu ruralistas e ambientalistas. O protocolo traz incentivos para a conservação e uso sustentável da biodiversidade e segue agora para o Senado.

Na agenda legislativa, o Senado tem nova sessão deliberativa hoje para votar a Medida Provisória 927, que trata das relações de trabalho durante a pandemia da covid-19. Já a Câmara concluiu a votação da Medida Provisória (925), que determina ações emergenciais ao setor de aviação civil, e o texto segue agora para o Senado. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reafirmou ontem à noite que o Congresso deve derrubar o veto do presidente à prorrogação até o fim de 2021 da desoneração da folha de pagamentos, que diminui o custo de contratação de funcionários.

Em entrevista à CNN Brasil, Maia disse que o trabalho na Câmara está forte na possibilidade de derrubar esse veto e o Senado deve seguir a mesma tendência.

Em junho, houve um aumento de 82,2% nos pedidos de recuperação judicial no País na comparação com maio e de 45% em relação ao mesmo mês de 2019, de acordo com a Boa Vista.

Rafael G. Cardoso, economista-chefe

rafael.cardoso@bancodaycoval.com.br

Antônio Castro, analista econômico

antonio.castro@bancodaycoval.com.br

Fonte: Broadcast e Bloomberg

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound