INVESTIMENTOS

O que esperar com das Reformas e Privatizações? Fique por dentro e saiba como poupar

Desde o último governo, muito se fala sobre a Reforma da Previdência, um assunto complexo e que divide opiniões. Após tantos meses de revisões e ajustes, o texto da Reforma da Previdência passou em primeiro turno na Câmara dos Deputados e já aquece o mercado – já falamos aqui sobre os Fundos de Ações que sentem os impactos positivos da medida.

O fato é que se trata de uma reforma com impactos de médio e longo prazo, sobretudo para a trajetória das contas públicas. O reflexo imediato vai ser pouco perceptível, com maior previsibilidade para a curva de juros no Brasil.

Muitos têm se perguntado sobre o que está por vir na prática. A questão é que a Reforma da Previdência não será a única salvadora da “Pátria Amada”, pois o país vai precisar passar ainda pela Reforma Tributária e pelo Fluxo das Privatizações. Então, entenda mais sobre isso.

Reforma Tributária: O assunto tem tomado conta da pauta econômica antes mesmo da conclusão da Reforma da Previdência, pois traz reflexos imediatos para o setor produtivo, aquele que mais gera empregos no Brasil. Além da carga tributária, a simplificação dos processos, a forma de arrecadação e a maneira com a qual as empresas lidam com os tributos devem trazer ganhos de curto e médio prazo para o país.

Muito ainda precisa ser discutido do ponto de vista de Simplificação, como o Imposto sobre Bens e Serviços (IBS), que substituirá três tributos federais (PIS, Cofins e IPI), o estadual ICMS e o municipal ISS. A arrecadação ainda pode ser dividida entre União, estados e municípios.
Mesmo que sejam resolvidos os embates em torno de qual é a melhor opção de texto, as discussões devem seguir até o fim do ano.

Privatizações. E o fluxo de privatizações? Alguns analistas estimam em R$400 bi, outros superam esta expectativa. Mas a desmobilização de ativos por parte do Governo, por participação indireta ou direta, devem trazer receitas extraordinárias, que favorecem as contas públicas. 

A tendência é positiva, os investidores têm antecipado os movimentos, os mercados têm desempenhado muito bem por aqui. Mas você deve estar se perguntando: e a minha aposentadoria?

A sugestão é simples e eficiente. Poupar é o caminho para um futuro próspero e tranquilo. Reserve parte da renda. Poupe. Seja disciplinado! Gaste menos do que você ganha e reserve parte dos recursos para a velhice. Mensalmente, invista pensando no longo prazo.

Se tiver dúvidas sobre a melhor forma de investir, a plataforma de investimentos Daycoval Investe oferece mais de 60 opções em investimento, indo de acordo com cada perfil de investidor. Já falamos aqui da Dayane, a assistente virtual do Banco Daycoval, que analisa diariamente o mercado e exibe uma carteira personalizada com o que há de melhor em investimentos a partir do seu objetivo e perfil de tolerância ao risco. Assim, você ficará mais seguro e confortável quando pensar na sua aposentadoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound