Dinheiro & Negócios

O Taleban tomou Cabul. E meu negócio com isso?

O Taleban tomou a capital do Afeganistão Cabul e voos comerciais foram cancelados. O Taleban dominando o país mostra como a estratégia americana de enfraquecer os grupos extremistas não deu certo, fazendo com que o presidente e o vice precisassem buscar asilo no Tadjiquistão.

Diante da mudança política, mudou também a questão de cooperação internacional, já que a China prometeu ter uma relação diplomática “amistosa e de cooperação”, com o novo Governo do Taleban no Afeganistão. Com esse fortalecimento da relação da China com o Taleban, a situação das Relações Econômicas Internacionais muda totalmente, pois a China acaba batendo de frente com o grande poder da superpotência EUA e volta a ter uma situação de austeridade na Ásia, já que o Afeganistão tem divisa territorial com a China.

Em julho, O Ministro das Relações Exteriores da China teve um encontro com o líder do Taleban, sinalizando apoio econômico. Boris Johnson, Primeiro Ministro do Reino Unido pediu a todas as nações que não reconheçam de forma bilateral a legitimidade do novo governo extremista. No mundo, as mudanças econômicas podem apresentar além das tensões comercias, também a questão de volatilidades cambias das duas superpotências e de seus principais acordos comerciais.

De outra forma, os acordos comerciais podem ter rupturas e atrapalhar escoamentos de produtos e de insumos advindos da China e Ásia, além de uma possível diminuição de mercadorias nacionais que tem como mercado consumidor o Oriente. Lembrando que a China compra óleos brutos de petróleo, minérios de ferro e seus concentrados, celulose, carne bovina, carne de frango, ferro-ligas, algodão bruto, carne de suíno congelada, fresca ou refrigerada e minérios de cobre e seus concentrados.

A situação pode tornar uma explosão de rupturas comercias, chegando a um colapso diante de nichos econômicos dependentes dos insumos e mercado asiático. Vamos ter que acompanhar o desenrolar dessa situação humanitária em um eixo estratégico, que é o Afeganistão.

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound