PALAVRA DO ECONOMISTA

PIB do 1T18 sugere atividade econômica mais lenta

PIB do primeiro trimestre/18 avança 0,4% frente ao trimestre anterior

“… Considerando os últimos dados disponíveis nossa projeção de crescimento de 2018 cairia de 2,9% para 2,4%. Essa redução é devido ao menor dinamismo apresentado no início de ano, especialmente do mercado de trabalho e indústria, com impacto de -0,47p.p. na projeção de crescimento do PIB. Além disso, a greve dos caminhoneiros certamente terá impacto baixista, o qual é altamente incerto. Em nossos exercícios chegamos a impacto de aproximadamente -0,6p.p. ao crescimento do PIB em 2018. Desta forma, caso o impacto da crise dos caminhoneiros se materialize na intensidade estimada, o crescimento do PIB deste ano deverá ser próximo a 1,8%…”

Análise

Relatório em PDF aqui.

O PIB do primeiro trimestre de 2018 variou 0,4% frente ao trimestre imediatamente anterior com ajuste sazonal, quinta variação positiva consecutiva após oito trimestres de retração. O crescimento do quarto trimestre de 2017 na mesma métrica foi revisado para cima (de 0,1% para 0,2%). Desta forma, acumula alta de 1,3%% em quatro trimestres e de 1,2% na comparação com o mesmo trimestre do ano passado. A despeito da continuidade da recuperação econômica, vale ressaltar que a mesma vem ocorrendo de forma mais lenta do que o imaginado anteriormente. Somente com os dados do quarto trimestre de 2017 projetávamos crescimento de 0,7%, bem acima do realizado, entretanto com a divulgação dos dados coincidentes no início de ano ficou claro que o desempenho seria pior.

Apesar do desempenho fraco frente ao imaginado no final de 2017, temos que pontuar como positivo a aceleração para 0,5%, de 0,1%, do consumo das famílias na margem e a alta de 0,6% da formação bruta de capital fixo, caracterizando a quarta consecutiva.  Ainda pela ótica da demanda tanto o governo (-0,4%) quanto as exportações líquidas (exportações +1,3% e importações +2,5%) contribuíram negativamente para o crescimento do PIB. Pela ótica da oferta, o maior destaque advém da Agricultura com crescimento de 1,4% na margem, uma vez que tanto a Indústria como os Serviços mostraram crescimento somente marginal (0,1%) no trimestre.


Fonte: IBGE (Elaboração: Daycoval Investimentos)

 

Em linhas gerais, o resultado do PIB corrobora com os outros sinais de inflexão da atividade econômica especialmente no que tange o consumo das famílias, que corresponde a mais de 60% do PIB, e a recuperação cíclica da FBKF que já apresenta crescimento de mais de 3,5% frente ao mesmo trimestre do ano passado. Entretanto, ainda que robusta, o ritmo da recuperação tem sido menor do que o estimado e lenta em perspectiva histórica.

Considerando os últimos dados disponíveis nossa projeção de crescimento de 2018 cairia de 2,9% para 2,4%. Essa redução é devido ao menor dinamismo apresentado no início de ano, especialmente do mercado de trabalho e indústria, com impacto de -0,47p.p. na projeção de crescimento do PIB. Além disso, a greve dos caminhoneiros certamente terá impacto baixista, o qual é altamente incerto. Em nossos exercícios chegamos a impacto de aproximadamente -0,6p.p. ao crescimento do PIB em 2018. Desta forma, caso o impacto da crise dos caminhoneiros se materialize na intensidade estimada, o crescimento do PIB deste ano deverá ser próximo a 1,8%.

 

Fonte: IBGE (Elaboração e projeção: Daycoval Investimentos)

 

Autor: Rafael Cardoso – Daycoval Investimentos

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound