Dinheiro & Você

Como organizar as finanças sem esquecer do lazer

Quando o assunto é organização financeira muitos pensam:  preciso cortar gastos.  Mas, na verdade, buscar uma racionalidade para as contas domésticas é algo diferente – e maior – que mera economia. A principal meta é buscar a eficiência do uso do dinheiro, que pode inclusive gerar mais conforto, segurança e realização pessoal.

Mais do que cortar custos avaliados como supérfluos, você precisa listar o que é de fato importante para você. O que te faz ou te deixa feliz. Definido isso, recorra às ferramentas disponíveis: tabelas, aplicativos ou construa o seu próprio modelo de planejamento financeiro. Lembre-se: lazer e finanças combinam. Por isso, não deixe de incluir esse item no seu planejamento.

Aqui no Daycoval, a gente entende que qualquer decisão financeira exige planejamento e gestão de todos os aspectos que impactam em nossas escolhas. Por isso, listamos aqui algumas sugestões para que você organize as suas finanças sem deixar o lazer de lado. Fazendo uma boa gestão, alocando da forma correta, as viagens, o cinema e aquele chopp com os amigos não precisam ser cortados.

Organizar, o primeiro passo para o sucesso nas finanças pessoais!

Não importa quanto você ganha, a regra é universal: o equilíbrio é fundamental para a saúde das finanças e para a saúde mental. Por isso, quanto mais organizadas forem as suas contas, mais facilmente você conseguirá cumprir seus compromissos mensais e incluir o lazer. Ou seja, incluir coisas prazerosas no orçamento pode ser mais simples do que você imagina, basta ter disciplina.

Esse planejamento financeiro vai te ajudar a manter os gastos dentro do seu orçamento, evitando assim despesas exageradas. Por isso, sugerimos que você monte um orçamento pessoal incluindo seus custos fixos, custos sazonais (IPTU, IPVA, matrículas escolares, entre outros) e veja, dentro disso, qual o percentual que pode ser destinado para cada área, incluindo o lazer. Geralmente, metade da renda – 50% – costuma ser comprometida por custos fixos, os outros 50% recomendamos que você use de acordo com a necessidade e as suas prioridades. Destinar 20% para lazer seria o ideal.

Portanto, mantenha um registro de todas as suas receitas mensais e gastos mensais, incluindo tudo aquilo que você costuma gastar diariamente para poder identificar para onde o seu dinheiro está sendo direcionado.

Estabeleça metas

Com as contas organizadas fica mais fácil para você visualizar qual o percentual da sua renda que é destinado para os custos fixos, por exemplo. Com isso, você pode entender um pouco melhor a dinâmica das suas finanças e buscar, em alguns casos, reduzir parte desses custos para ampliar a sua margem para outros aspectos da sua vida como, por exemplo, o lazer. Pois, lazer é mais que entretenimento, ele melhora a sua qualidade de vida em diversos aspectos. Da mesma forma, isso facilita a conquista de objetivos de longo prazo, como cursos, qualificações ou até mesmo turismo.

Tenha dentro da sua programação financeira os seus custos fixos. Determine quais metas financeiras desejas cumprir a partir da formação de uma reserva com o valor que sobrar da sua renda depois de descontados seus custos fixos. Ou seja, poupe seu dinheiro e garanta a formação de uma reserva financeira para que você consiga cumprir suas metas.

Por exemplo, caso sua meta seja a compra de um imóvel, a nossa dica é que você faça um planejamento levando em conta qual sua capacidade de poupança e o tempo necessário para a compra do mesmo. Caso você opte por financiamento imobiliário, verifique bem a sua capacidade de comprometimento da renda. A sugestão do Daycoval é que mesmo em situações em que as metas sejam altas, você não deixe de destinar parte da sua renda para o lazer, pois só assim manterá o equilíbrio emocional.

Busque programas que caibam dentro do seu orçamento

Bom, sabemos que organização financeira exige disciplina e também dedicação para que o equilíbrio e a formação da sonhada reserva sejam alcançados. Uma boa dica para você que ainda está com as contas um pouco complicadas, mas não quer abrir mão do lazer, é que você busque programações culturais, esportivas e de entretenimento gratuitas. Muitas cidades oferecem peças de teatro, sessões de cinema gratuitas e não esqueça de verificar as bibliotecas da sua cidade, algumas fazem clubes de leitura e até mesmo rodas de leitura para crianças.

Ah, caso tenha conseguido alcançar a meta de viagem, procure as programações oferecidas no destino. Seja qual for a época do ano, tem sempre opções em conta e que podem se adequar ao perfil financeiro da sua viagem.

Com organização e foco, dá pra poupar e passear. Afinal, a vida não pode ser só boletos. Continue acompanhando os nossos conteúdos. Tem sempre alguma dica nova por aqui!

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound