Categorias

CGI: o que é e quais são as vantagens?

Uma das maiores dificuldades do crédito no Brasil é a falta de garantias. Mas muitos potenciais clientes podem, literalmente, estar sentados sobre ativos que poderiam permitir empréstimos seguros e baratos: os imóveis. Trata-se do Crédito com Garantia de Imóvel (CGI).

Usar imóveis como garantia de empréstimo, embora ainda raro no Brasil, é uma das modalidades de crédito que mais crescem. Conhecido também como refinanciamento, esse tipo de crédito pode permitir ao proprietário o levantamento de até 60% do valor do bem, com taxas reduzidas.

Aqui no Daycoval, você pode fazer a contratação desse empréstimo, mas antes de qualquer decisão é importante se informar e, por isso, separamos aqui algumas informações sobre a modalidade que está conquistando quem busca juros mais competitivos.

O que é Crédito com Garantia de Imóvel (CGI)?

A casa própria é o sonho de muitos, pois representa o fim do aluguel e a aquisição de um bem. Ou seja, um patrimônio pessoal.  Isso também vale para quem é dono de um negócio e é proprietário da sede da empresa. Agora, você já pensou neste imóvel como forma de garantia de um empréstimo para poder quitar dívidas, reformas neste imóvel, abrir o próprio negócio ou mesmo financiar seus estudos ou dos seus filhos? Muito provavelmente não.

Mas quais são as vantagens em usar meu imóvel quitado para contratação de um empréstimo?

Os juros! Essa modalidade de crédito com garantia permite que você consiga levantar um capital equivalente a 60% do valor do seu imóvel com juros baixos, prazos mais longos e flexibilidade para pagar. Isso tudo com menos burocracia.

Veja um comparativo entre os juros do CGI e de outros produtos*:

Sabe qual a outra vantagem?  Você continua usando a sua casa ou imóvel comercial da mesma forma, pois ela continua sua e a única coisa que você fez foi usá-la como garantia desse valor. Além disso, caso surja uma oportunidade de venda, você pode comercializar esse bem. Porém, na hora da efetivação do negócio, você precisa informar o comprador de que necessitará de parte do dinheiro para fazer a quitação do seu débito junto ao banco e, geralmente, em até 30 dias é feita a baixa da alienação do bem pela instituição financeira.

Como contratar crédito com garantia de imóvel?

Com juros mais baixos e mais rapidez na aprovação, o empréstimo com imóveis tem conquistado proprietários particulares e também empresas no Brasil. E para que isso tudo vire realidade, para você que pensa em buscar contratações desse tipo, a recomendação é que levante as documentações atualizadas (certidões no registro de imóveis e negativas de débitos de IPTU) do bem a ser posto como garantia e também seus comprovantes de rendimento.

Finalizada essa etapa, procure uma instituição financeira e simule as condições que deseja. Avalie se os juros, taxas de administração de contrato e tributos sobre o capital estão de acordo com as suas necessidades. Depois disso, os bancos costumam fazer a própria avaliação do bem. Com a aprovação do crédito, então é feito o contrato que precisa ser registrado em cartório e depois disso o dinheiro é disponibilizado.

Quem pode contratar esse tipo de empréstimo?

Qualquer pessoa física ou jurídica que disponha de um imóvel pode procurar seu banco de relacionamento ou instituições que trabalham com essa modalidade e solicitar uma proposta. 

Quais são os riscos desse tipo de contratação?

Bom, como o próprio nome diz: Crédito com Garantia do Imóvel. Ou seja, não há a possibilidade de inadimplência neste tipo de contratação. Nesses casos, quando você deixa de pagar as parcelas e não renegocia essa dívida, ocorre o processo de tomada do bem para posterior leilão pelo banco.

O que devo levar em conta antes de optar pelo crédito com garantia de imóvel?

  • Organize suas finanças – faça uma planilha com todos seus rendimentos e todas as suas despesas;
  • Margem de comprometimento de renda – faça as contas e não assuma prestações que, somadas a outros empréstimos, ultrapassem 30% da sua renda. São contratos de longo prazo, passar desse limite pode ser delicado;
  • Custos de cartório – qualquer transação que envolva a alienação de um bem precisa ser registrada em cartório. Isso tem um custo e precisa ser levado em conta na tomada de empréstimos com garantia de imóvel;
  • Valor emprestado – por você colocar um bem como garantia e ser um contrato de longo prazo, recomendamos que essa modalidade só seja usada quando os valores tomados forem mais altos. Afinal, não vale o risco de um imóvel por capital baixo.

CGI Daycoval

No Banco Daycoval, você pode ter acesso às vantagens do Crédito com Garantia de Imóvel. O banco oferece créditos que vão de R$ 50 mil a R$ 2 milhões, com taxa prefixada a partir de 1,09, sem correção de IPCA, IGPM. INCC ou taxa pós-fixada a partir de 0,79 a.m + IPCA. Esses percentuais são menores que os praticados em linhas de empréstimo pessoal. O prazo é de até 20 anos para a quitação. Saiba mais sobre essa modalidade em nosso site.

Recomendar Conteúdo:
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook

Quem leu essa matéria também gostou

Matérias mais lidas

Gostaria de receber novidades?

    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

    WhatsApp
    LinkedIn
    Twitter
    Facebook

      Ei, tá curtindo o nosso Blog?

      Inscreva-se para receber as nossas novidades dicas financeiras exclusivas e conteúdo especial na sua caixa de entrada.




      Obrigado por se inscrever!