Categorias

O ano da renda fixa. Entenda por que esse investimento é o destaque de 2023

Com os juros altos, os investimentos de renda fixa tiveram um excelente desempenho ao longo de 2022.
Para 2023, com o cenário internacional instável somado às incertezas do âmbito fiscal no Brasil, a tendência permanece a mesma e a renda fixa promete seguir como uma opção vantajosa para os investidores.
Neste artigo, você vai descobrir qual é a perspectiva para a renda fixa em 2023, além de conhecer os melhores produtos dessa classe de investimentos para fazer o seu dinheiro render. Boa leitura!
Quer investir com rentabilidade e segurança?

Conheça os nossos produtos de renda fixa

Por que é o momento da renda fixa?

Com a Selic nas alturas desde o ano passado, a renda fixa passou a oferecer uma relação risco x retorno atrativa até para os investidores mais arrojados, já que os ativos pós-fixados atrelados à Selic e ao CDI apresentaram a maior rentabilidade entre os principais investimentos.

Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) aponta que o mercado brasileiro de renda fixa movimentou R$ 457 bilhões em 2022, o maior volume da série histórica que começou em 2012.

Em paralelo, de forma geral, os ativos de renda variável foram impactados e não performaram bem no período.

De acordo com as projeções da equipe econômica da Daycoval Asset, a taxa SELIC só será cortada em setembro e finalizará o ano em 12,5%.

Outro ponto importante é que a inflação diminuiu em relação ao ano passado e deve ficar relativamente controlada, aumentando os chamados juros reais. O IPCA projetado para 2023 está acima dos 5%, mas longe dos dois dígitos vistos em 2021 e 2022.

Vale lembrar que, mesmo em tempos de juros baixos, considerando o princípio da diversificação, a renda fixa deve sempre estar presente em qualquer tipo de carteira de investimentos, principalmente visando à proteção. Contudo, a fatia desses ativos fica menor à medida que sobe o nível de tolerância ao risco do investidor.

Mas, afinal, no que investir nesse cenário?

Durante este ano, a segurança ainda deve estar entre as prioridades dos investidores e a renda fixa seguirá oferecendo muitas oportunidades. As aplicações pós-fixadas atreladas à Selic ou ao CDI se mostram atrativas para o curto e médio prazo.

  • Veja alguns exemplos que você encontra aqui no Daycoval:
  • CDB DAYCOVAL 15% a.a. – prazo 1 ano
  • CDB 110% do CDI – liquidez diária

Já para prazos mais longos, acima de três anos, os papéis indexados ao IPCA são mais indicados.

Na hora de escolher os seus investimentos, além de considerar as variáveis econômicas, lembre-se de levar em conta alguns outros pontos importantes, como o seu perfil de investidor e seus objetivos financeiros.

Se precisar de ajuda para compor a sua carteira, conte com os nossos assessores de investimentos.


CLIQUE AQUI PARA FALAR COM UM ESPECIALISTA

 

Como fica a Selic em 2023? Confira a análise do nosso economista-chefe:

Recomendar Conteúdo:
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook

Quem leu essa matéria também gostou

Matérias mais lidas

Gostaria de receber novidades?

    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

    WhatsApp
    LinkedIn
    Twitter
    Facebook

      Ei, tá curtindo o nosso Blog?

      Inscreva-se para receber as nossas novidades dicas financeiras exclusivas e conteúdo especial na sua caixa de entrada.




      Obrigado por se inscrever!