Copom mantém Selic em 13,75%. Veja no que vale a pena investir.

Selic

Em sua 255ª reunião, o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu pela manutenção da taxa básica de juros, a Selic, no patamar de 13,75% a.a. Essa é a maior marca dos últimos 6 anos e representa a taxa real mais alta do mundo.

Inflação em queda

O IPCA divulgado em maio ficou em 0,23%, enquanto o acumulado dos últimos 12 meses é de 3,94%.

O movimento de queda na inflação alcançou a 12ª semana consecutiva, após o pico em maio de 2022, quando atingiu 12,20% no acumulado em 12 meses.

Embora a inflação venha apresentando quedas, o Banco Central ainda optou por não alterar as taxas de juros devido às considerações sobre o cenário econômico futuro e os possíveis reflexos sobre a inflação.

Gostaria de receber novidades?

    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

     

    Como funciona a decisão do Copom?

    O Banco Central, fazendo uso dos instrumentos de política monetária, visa manter a inflação dentro do intervalo de tolerância estabelecido pela autoridade monetária, o Conselho Monetário Nacional (CMN).

    Para tanto, o Comitê de Política Monetária (COPOM) faz o levantamento da conjuntura econômica interna e externa, analisa os cenários possíveis e os riscos. Após dois dias de analises e discussões sobre a condução da política monetária, a decisão é divulgada.

    Como ficam os investimentos com a manutenção da Selic?

    Nesse cenário de taxas de juros elevadas, a Renda Fixa ainda se apresenta como uma ótima alternativa para quem busca bons retornos, com destaque para produtos como CDBLCI, LCA, Títulos Públicos, Títulos de Crédito Privado e Fundos de Renda Fixa.

    Lembre-se: o mercado é cíclico e para surfar os melhores movimentos é importante diversificar seu portfólio tanto pela ótica de prazo (curto, médio e longo prazo), como pela perspectiva dos indexadores (pré, pós e inflação).

    Considerando as expectativas de mercado divulgadas pelo Boletim Focus neste mês, o início dos cortes nas taxas de juros está cada vez mais próximo.

    Sendo assim, as opções prefixadas se tornam mais atrativas, já que se antecipar à possível queda dos juros e diversificar em papéis prefixados pode trazer retornos interessantes.

    Top 3 produtos para investir no Daycoval Investe:

    • CDB Pós-fixado:
      • CDB Daycoval 110% do CDI.
    • CDB Prefixado:
      • CDB Daycoval 1 ano – 14,25% a.a.
    • CDB IPCA:
      • CDB Daycoval 2 anos – IPCA + 7,50% a.a.
    Recomendar Conteúdo:
    WhatsApp
    LinkedIn
    Twitter
    Facebook

    Quem leu essa matéria também gostou

    Matérias mais lidas

    Gostaria de receber novidades?

      Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

      WhatsApp
      LinkedIn
      Twitter
      Facebook

        Ei, tá curtindo o nosso Blog?

        Inscreva-se para receber as nossas novidades dicas financeiras exclusivas e conteúdo especial na sua caixa de entrada.




        Obrigado por se inscrever!