Dinheiro & Negócios

Como proteger sua empresa da volatilidade do câmbio? Entenda o Hedge Cambial

Grandes variações de cotações de moedas, como dólar ou euro, podem ocorrer sem sinais prévios, ainda mais em momentos voláteis como de guerra, pandemia, eleições — ou, pior ainda, quando tudo isso ocorre ao mesmo tempo. Se por um lado essas mudanças têm o potencial de grandes ganhos, é possível amargar perdas complexas. Embora estes movimentos sejam difíceis de serem previstos, as empresas podem se proteger usando o hedge cambial.

Criar um “seguro” contra variações bruscas de câmbio já virou até verbo no mercado financeiro: “hedgear”. Mas ainda há muitas dúvidas sobre o mecanismo de proteção cambial. Pensando nisso, o time do Banco Daycoval preparou algumas dicas de como os empreendedores podem proteger seus negócios da volatilidade do mercado e das alterações das moedas estrangeiras.

O que é hedge?

Hedge é um instrumento de proteção cambial que tem como objetivo reduzir os riscos da variação cambial, absorvendo a volatilidade do mercado. Ou seja, é uma maneira de evitar perdas e dar maior previsibilidade aos negócios.

Por que fazer hedge?

O grande objetivo do hedge é se proteger de perdas. Ele é fundamental para questões alheias ao gestor ou empresários, porque tirando o hedge, há pouco o que fazer em uma variável cotada globalmente.

A necessidade e a importância dos hedges fica evidente nos momentos de grande oscilação no mercado. Se durante a pandemia da Covid-19, assistimos a um salto de R$ 4,00 para R$ 6,00 na cotação do dólar, com a Guerra Rússia X Ucrânia vimos outro movimento, o dólar saiu de um patamar de R$ 5,80 e agora é negociado a R$ 4,70.

Como funciona a proteção cambial?

Exportadores e importadores que possuem dívidas em dólar, ou dependem de insumos importados, geralmente investem em estratégias voltadas para o mercado futuro, criando modelagens para mitigar os riscos das variações cambiais. Isso porque, essas empresas costumam ter compromissos em moeda estrangeira e, quando a cotação da moeda sobe, seus custos aumentam, e isso compromete os resultados financeiros.

É nessa hora que o hedge cambial usa o dólar como estratégia de proteção para outros ativos ou operações. Para contornar problemas como esses, as empresas podem investir em contratos futuros de dólar, fixando um valor da moeda para a data de liquidação do compromisso. Desta forma, mesmo diante de variações na cotação da moeda, essas empresas já têm assegurado o direito de negociar dólares por um valor determinado. Ou seja, sabem exatamente qual o montante que precisam desembolsar.

Como posso fazer hedge cambial?

A mais comum e conhecida forma de hedge cambial é a negociação de contratos futuros, mas, além dela, empresas e investidores podem optar por fundos cambiais. Neste tipo de transação, são negociadas opções de dólar, compra de títulos na moeda e, em alguns casos, compra da moeda em espécie.

Contratos futuros ou Trava Cambial: Nesta transação, as empresas escolhem um momento específico para bloquear a taxa de câmbio. A operação ocorre por meio de contrato de câmbio de exportação, podem ocorrer antes ou depois da entrega de produtos ou prestação de serviços. O prazo e a forma de liquidação da operação futura já são negociados. Basicamente, fixa um preço de cotação para data que um exportador/importador quiser vender/comprar seu produto no futuro. Não há desembolso de valores no fechamento do acordo.

NDF ou termo de moeda: Nessa operação é fixada antecipadamente a taxa de câmbio em uma data futura. Apesar da semelhança com a trava de câmbio, esse mecanismo é tributado de forma distinta e a liquidação ocorre pela diferença entre a taxa a termo contratada e a taxa de mercado definida como referência. O valor do contrato é fixo, portanto, independentemente do valor do câmbio do dia ser maior ou menor, o que vale é o que ficou acordado previamente.

Fundo Cambial: Neste caso, a empresa ou investidor coloca seus recursos em um fundo com até 80% dos ativos em moeda estrangeira. Costuma ser uma opção para proteção de patrimônio ou mesmo para quem planeja uma viagem para o exterior.

Quer saber mais? Procure um dos nossos especialistas e encontre as melhores opções de proteção cambial para o seu negócio.

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound