Categorias

Diagnóstico financeiro: o passo a passo definitivo para organizar as finanças da sua empresa

Você pode ter um bom produto, uma equipe brilhante, ótimos pontos de venda e muito mais. Mas se as finanças da sua empresa forem desorganizadas, sem dúvida, o sucesso do seu negócio estará comprometido.

Segundo dados do IBGE, 48% das empresas brasileiras fecham em até três anos e o principal motivo é a falta de gestão eficiente. Para que isso não aconteça, uma solução simples é realizar um bom diagnóstico financeiro.

Mas você sabe o que é um diagnóstico financeiro, qual a sua importância e como colocá-lo em prática? Neste artigo, você vai encontrar todos esses pontos explicados de forma bem prática para você aplicar no seu negócio e dar adeus à desorganização financeira. Boa leitura!

O que é um diagnóstico financeiro?

Um diagnóstico financeiro é uma avaliação abrangente da condição financeira de uma empresa. Mais do que uma simples análise de balanços e demonstrativos, ele envolve um estudo aprofundado de diversos aspectos que impactam o seu negócio. Funciona com um raio-x que expõem as forças e as fraquezas da organização, que muitas vezes acabam passando despercebidas.

Com base no resultado do diagnóstico, é possível tomar decisões mais assertivas e medidas proativas em prol da sustentabilidade do seu negócio.

Quando fazer um diagnóstico financeiro?

O diagnóstico financeiro é importante para qualquer empresa. Porém, em algumas situações ele pode se mostrar ainda mais urgente. 

Como disse Steve Jobs, você pode encarar um erro como uma besteira a ser esquecida ou como um resultado que aponta a uma nova direção. Então, se as finanças da sua empresa estão fora de controle, chegou a hora de mudar a rota e focar na organização.

Abaixo, listamos alguns pontos de atenção que você precisa observar para saber que já passou da hora de fazer o diagnóstico financeiro da sua empresa.

Flutuações de caixa imprevisíveis

Está difícil prever o fluxo de caixa da sua empresa? Há meses com falta de caixa e outros com excesso? Isso é um indicativo de falta de controle financeiro. Com o diagnóstico, ficará mais fácil identificar as razões dos desajustes e soluções para estabilizar o fluxo de caixa.

Queda nas margens de lucro

Se as margens de lucro de sua empresa estão diminuindo constantemente, chegou a hora de investigar as causas. Um diagnóstico financeiro detalhado permitirá que você identifique áreas específicas onde os custos estão aumentando ou as receitas estão diminuindo, ajudando a desenvolver um plano de ação para reverter a situação.

Endividamento crescente

O aumento do endividamento é um sinal de alerta para qualquer empresa. Se você está lutando para lidar com suas obrigações financeiras e sua dívida está aumentando, um diagnóstico financeiro pode revelar estratégias de redução de dívidas, renegociação de termos ou até mesmo consolidação de dívidas para ajudar a aliviar a pressão financeira.

Confira abaixo um vídeo sobre o Crédito com Garantia de Imóvel (CGI), que é uma ótima opção para quem deseja trocar várias dívidas por uma única com menos juros e mais prazos para pagar:

Descompasso entre despesas e receitas

Se suas despesas operacionais estão superando suas receitas com frequência, isso não é um bom sinal. Um diagnóstico financeiro fornecerá uma visão ampla das suas operações e possibilitará que você identifique áreas onde é possível reduzir despesas, otimizar processos ou diversificar sua base de receitas.

Falta de reservas financeiras

Ter uma reserva de emergência é imprescindível para enfrentar imprevistos ou crises econômicas. Se a sua empresa não tem uma reserva financeira significativa, um diagnóstico financeiro ajudará a estabelecer metas realistas para acumular um fundo de emergência e evitar possíveis problemas no futuro.

Passo a passo para desenvolver o diagnóstico financeiro

Se você já leu até aqui, com certeza já percebeu que saber realizar um bom diagnóstico financeiro é fundamental para o sucesso do seu negócio. Porém, mais do que saber fazer essa avaliação, é necessário transformá-la em um processo regular. O passo a passo que você verá a seguir será muito útil para o estabelecimento desse processo. Confira:

  1. Tenha clareza das suas receitas – Este é o primeiro passo para iniciar a análise financeira e pode ser feito de maneira simples: acesse os últimos números registrados pela empresa e localize as entradas de dinheiro.
  2. Destaque os valores a receber – É crucial que você saiba tudo o que tem a receber em seu negócio. Uma dica é destacar, durante a análise financeira, os valores do mês anterior em comparação com os do mês já encerrado.
  3. Esteja ciente dos seus gastos com competências – Mantenha sempre registrados os gastos com competências, como pagamentos de salários e treinamentos.
  4. Enumere as outras despesas – Impostos, contribuições, todos esses elementos devem ser incluídos na sua planilha de gastos.
  5. Identifique o custo do seu estoque – Avalie todas as despesas relacionadas ao seu estoque e o quanto custa mantê-lo atualizado.
  6. Acompanhe o resultado final – Acompanhar o resultado da análise financeira implica em comprometer-se com todo o planejamento. É por meio dela que você poderá traçar estratégias e tomar decisões mais acertadas, de acordo com as necessidades da sua empresa.

Principais vantagens

Um diagnóstico financeiro completo pode trazer uma série de benefícios para o seu negócio, com destaque para:

Visão abrangente

Um diagnóstico financeiro ajuda a obter uma visão clara e objetiva da saúde financeira da sua empresa. As métricas e indicadores-chave fornecidos ajudarão você a entender a posição financeira atual de sua empresa em relação aos objetivos e às melhores práticas do setor.

Identificação de áreas de melhoria

 Ao realizar um diagnóstico financeiro, você poderá identificar áreas específicas em que sua empresa precisa melhorar. Isso pode incluir redução de custos, aumento de eficiência operacional, melhoria no ciclo de vendas ou fortalecimento das estratégias de precificação.

Tomada de decisões embasadas

Com um diagnóstico financeiro em mãos, você terá informações confiáveis para embasar suas decisões sobre os rumos do negócio. Isso ajudará a minimizar riscos, evitar problemas financeiros futuros e tomar medidas proativas para melhorar a saúde financeira da sua empresa.

Planejamento estratégico eficaz

Ao conhecer a situação financeira real de sua empresa, você poderá desenvolver um plano estratégico condizente com a realidade e eficiente. Isso envolverá a definição de metas realistas, a alocação adequada de recursos e a identificação de oportunidades de crescimento e expansão.

Acesso a financiamento

Se a sua empresa precisar de financiamento para expandir ou investir em novos projetos, um diagnóstico financeiro sólido será uma ferramenta valiosa para apresentar aos credores e investidores. Ele demonstrará sua compreensão das finanças da empresa e sua capacidade de gerenciar adequadamente os recursos financeiros.

Conclusão

O diagnóstico financeiro é um instrumento poderoso para avaliar a saúde das finanças da sua empresa e garantir a sua sobrevivência no mercado.

Ao identificar áreas de melhoria, tomar decisões informadas e planejar estrategicamente, você estará preparado para enfrentar os desafios financeiros e posicionar sua empresa para o sucesso a longo prazo.

Um dos pontos que o diagnóstico financeiro pode evidenciar é a necessidade da contratação de crédito para alavancar o seu negócio. Se esse for caso da sua empresa, você pode contar com Crédito Digital Daycoval. A simulação é 100% digital e você pode solicitar até R$ 400 mil e pagar em 60 meses.

Recomendar Conteúdo:
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook

Quem leu essa matéria também gostou

Matérias mais lidas

Gostaria de receber novidades?

    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

    WhatsApp
    LinkedIn
    Twitter
    Facebook

      Ei, tá curtindo o nosso Blog?

      Inscreva-se para receber as nossas novidades dicas financeiras exclusivas e conteúdo especial na sua caixa de entrada.




      Obrigado por se inscrever!