8 dicas práticas para organizar o dinheiro da sua empresa

Organizar o dinheiro da sua empresa é essencial para mantê-la saudável e prosperando. Entretanto, muitos empreendedores  encontram dificuldades em lidar com o dinheiro e acabam tendo problemas financeiros.

Se você quer evitar isso, este artigo é para você! A seguir, vamos compartilhar dicas práticas para que você possa organizar o dinheiro da sua empresa de forma séria e profissional. Boa leitura!

 

Como organizar o dinheiro da sua empresa? 

 

A organização financeira de uma empresa envolve uma série de ações que devem ser implementas conjunta e continuamente para que se obtenha um resultado positivo.

Por meio de gestão financeira eficiente, é possível evitar desperdícios, ter controle do fluxo de caixa, fugir do endividamento descontrolado e planejar investimentos.

Veja a seguir quais são as principais práticas que devem ser adotadas para organizar o dinheiro da sua empresa.

Separe as finanças pessoais das empresariais 

 

O primeiro passo para você começar a colocar as finanças do seu negócio nos trilhos é separar de forma definitiva as finanças empresariais das pessoais.

Essa é uma grande causa de desorganização e prejuízo em ambas as áreas. Por isso, comece separando as contas bancárias e definindo salário e data de pagamento para os sócios, de modo que as despesas individuais e empresariais nunca se misturem.

Defina um orçamento 

 

Ter um orçamento semestral ou anual pré-estabelecido é muito importante para a organização do dinheiro da empresa.

Ele funciona como um guia para não deixar as despesas saírem de controle e ainda facilita o cumprimento das prioridades.

Controle entradas e saídas 

 

Todo dinheiro que entra e que sai da empresa deve ser registrado, independente do tamanho da transação.

Você deve computar qualquer despesa, como pagamento de contas, de fornecedores, multas, manutenções, compras e impostos, por exemplo.

Todas as receitas também devem ser anotadas, como recebimento de clientes, lucro de investimentos ou qualquer outro dinheiro que venha para a empresa.

Para fazer esse controle, você pode usar desde um simples caderno ou planilha, até aplicativos inovadores que automatizam os registros e ainda oferecem análises importantes com base nos dados das transações.

Fique atento aos prazos 

 

Conhecer as datas de recebimentos e de vencimentos é algo imprescindível. Além de evitar cobrança de multas e juros por atraso, contribui para o equilíbrio do fluxo de caixa.

Com a organização das datas, fica mais fácil priorizar as necessidades de curto, médio e longo prazo.

Negocie com fornecedores e prestadores de serviços 

 

Outra forma de organizar as finanças da sua empresa é negociando com fornecedores e prestadores de serviços.

Busque sempre obter melhores preços e condições de pagamento mais vantajosas. Além disso, é importante avaliar se determinado fornecedor ou prestador de serviço é realmente necessário para a empresa e se os valores cobrados estão condizentes com a oferta do mercado.

Otimize o estoque


Em qualquer área, controlar o estoque deve ser um hábito constante. Mantê-lo em equilíbrio evita que você direcione uma verba desnecessária para aumentar o volume de produtos e ainda pode implicar em despesas extras com armazenamento.

Do lado oposto, ao não abastecer o estoque com a quantidade necessária de produtos, você pode acabar perdendo vendas e reduzindo o seu faturamento.

Tenha uma reserva de emergência

 

Não é só pessoa física que precisa formar uma reserva de emergência. Empresas também passam por crises e precisam estar preparadas para enfrentar situações adversas, como alta dos juros, mudanças regulatórias e despesas extras, por exemplo.

Ter ou não um montante de dinheiro separado para ultrapassar essas turbulências pode ser o que o vai resultar na falência ou no sucesso do seu negócio.

Aposte na tecnologia 

 

Com o avanço da tecnologia, existe uma grande variedade de ferramentas de automação que facilitam muito a execução de todas as atividades que citamos acima.

Pesquise soluções adequadas para o perfil da sua empresa e utilize a tecnologia para poupar tempo e recursos.

Conclusão

 

Ter um bom planejamento financeiro e uma rotina de controle que mantenha as finanças da empresa em equilíbrio é fundamental para o bom desempenho do seu negócio.

Entretanto, se surgirem situações ou oportunidades inesperadas, você pode contratar o Crédito Digital Daycoval e conseguir o fôlego que a sua empresa precisa para o momento.  

Recomendar Conteúdo:
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook

Quem leu essa matéria também gostou

Matérias mais lidas

Gostaria de receber novidades?

    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

    WhatsApp
    LinkedIn
    Twitter
    Facebook

      Ei, tá curtindo o nosso Blog?

      Inscreva-se para receber as nossas novidades dicas financeiras exclusivas e conteúdo especial na sua caixa de entrada.




      Obrigado por se inscrever!