Renda extra na internet: 8 maneiras comprovadas de ganhar dinheiro sem sair de casa

Você já organizou o orçamento, se planejou pra quitar dívidas e criou suas metas financeiras. Porém, você descobriu que o que você precisa mesmo pra fazer essa roda girar é de… mais dinheiro. A saída é conseguir uma renda extra.

É por isso separamos algumas dicas práticas pra quem quer arregaçar as mangas e começar a ganhar mais dinheiro nesse 2023.

8 opções de renda extra na internet

1 - Infoproduto

Você já ouviu falar em infoproduto? Pode ser um e-book, uma apresentação ou um curso online.

Seja qual for o formato, a ideia é que você transforme um conhecimento que você possui em um material digital que pode ser interessante para outras pessoas. E você ganha dinheiro vendendo esse material. 

2 - Fazer freelas

Freela é uma abreviação da palavra freelancer, que nada mais é que um profissional que atua de forma pontual. Ou seja, é uma pessoa que presta serviços esporádicos para empresas.

Ela pega um trabalho aqui e outro ali. E vai fazendo dinheiro. E é por isso que esse é o tipo de trabalho perfeito para quem quer uma renda extra.

Você pode prestar serviços para grandes corporações, mas manter a sua flexibilidade de horário. Vale oferecer texto, edição de vídeo, design gráfico, tradução, programação. Vai depender das suas habilidades.

Tem muita empresa buscando esse tipo de serviço de forma pontual em plataformas na internet e pagando bem por isso. É só você agarrar as oportunidades.

3 - Influenciador digital

Se você é desenrolado, tem carisma e gosta das redes sociais, você pode ganhar dinheiro como influenciador digital. 

Basicamente, você precisa produzir conteúdo relevante para as redes e conquistar fãs e seguidores em número suficiente para chamar a atenção de empresas que querem divulgar produtos para esse público.
Vale a pena falar de um assunto que você conhece bem e curte bastante, como moda, make, tecnologia e carros, por exemplo.

Depois que você vira referência, pode começar a vender posts pagos falando de produtos e serviços do seu nicho. Claro que essa construção pode levar um tempo. Mas você não precisa ter milhões de seguidores para começar a lucrar. 

Na faixa de 10 mil a 100 mil seguidores, você já é considerado um microinfluenciador e pode faturar cerca de 30 mil por mês. Já os mega influenciadores, com mais de 1 milhão de seguidores, lucram mais de R$ 500 mil por mês.

4 - Blog

Seguindo essa linha de falar sobre um assunto que você gosta e entende, você pode criar um blog e ganhar dinheiro com anúncios e parcerias com marcas.

Essa é uma dica boa pra quem escreve bem, domina algum tema, mas não curte tanto a exposição nas redes sociais.

Alguns nichos que costumam atrair muitos leitores e consequentemente monetizam mais são: viagem, esporte, fitness, cinema, beleza e culinária. 

5 - Vender coisas que você não usa mais

Bora praticar o desapego? Essa dica aqui é mil e uma utilidades.

Você libera espaço no armário, deixa a casa mais organizada, beneficia outras pessoas e ainda ganha dinheiro.

Se você olhar com atenção, vai ver que tem muita coisa na sua casa que você não precisa mais.

Então, por que não colocar à venda e fazer uma boa grana com tudo isso?  Existem diversas plataformas que te ajudam a divulgar, precificar, cobrar e enviar os itens de forma muito prática. Não tem desculpa para não começar agora mesmo!

6 - Vender comidas

Ainda sobre vendas, se você é bom na cozinha, dá pra lucrar com isso também.

Quem nunca começou a babar só de ver as fotos de doces, bolos, salgados e tortas que aparecem nos feeds das redes sociais? Você pode expor as suas receitas nessa grande vitrine virtual chamada internet.

Seja nas redes sociais ou em plataformas de delivery, não faltam pessoas interessadas em consumir alimentos de qualidade e com preço justo.

Só falta você despertar o seu lado master chef e colocar a mão na massa.

7 - Loja virtual

Montar uma loja virtual é infinitamente mais fácil do que uma loja física.  É por isso que milhares de pessoas vendem de tudo pela internet hoje em dia, inclusive para fazer renda extra.

Você pode revender produtos de diversos fornecedores ou criar uma marca própria. O importante é definir o que vender e qual será o público-alvo.

Mais uma vez, existem plataformas que cuidam de toda a parte difícil pra você: como o site, a logística e os meios de pagamento, por exemplo.

8 - Dar aulas

Essa dica aqui também é sobre vender. Mas não é um produto. E sim o seu conhecimento. 

Sabe inglês, matemática, português, yoga, culinária, artesanato ou tocar um instrumento? Você pode compartilhar o seu know-how em aulas virtuais particulares ou para turmas. 

Se você estiver a fim de ensinar, sempre vai ter alguém disposto a aprender e a pagar por isso.

E aí, qual dessas ideias é a sua praia? Você pode testar mais de uma ao mesmo tempo e ver qual vai melhor. E ser quiser começar a investir para dar um up nos seus projetos, abra a sua conta no Daycoval Investe.

Recomendar Conteúdo:
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook

Quem leu essa matéria também gostou

Matérias mais lidas

Gostaria de receber novidades?

    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

    WhatsApp
    LinkedIn
    Twitter
    Facebook

      Ei, tá curtindo o nosso Blog?

      Inscreva-se para receber as nossas novidades dicas financeiras exclusivas e conteúdo especial na sua caixa de entrada.




      Obrigado por se inscrever!