Categorias

10 dicas que ninguém te conta sobre como juntar dinheiro

Se juntar dinheiro rápido fosse fácil, aposto que você já teria economizado muito. Afinal, quem não quer ter o bolso mais cheio no final do mês? Sejam quais forem os seus sonhos e objetivos, guardar dinheiro sempre é um passo importante para conquista-los.

Acontece que, por vezes, gastar é muito mais convidativo do que guardar e a gente acaba se deixando levar pelas tentações do consumismo e da falta de organização, não é mesmo?

Mas calma que isso tem solução! E a chave para iniciar a transformação está na mudança de mindset, ou seja, na sua forma de pensar. Ao rever alguns conceitos e adotar pequenos hábitos no seu dia a dia, você pode dar uma virada na sua vida financeira e não só começar a guardar dinheiro, mas a multiplicar também.

Para te ajudar nesta jornada, preparamos uma lista com 10 dicas para você começar a colocar em prática hoje mesmo. Vamos lá?


Mitos e verdades sobre juntar dinheiro

Antes de ler a lista de dicas, é importante que você se desfaça de algumas crenças negativas que possivelmente estão te impedindo de começar a juntar dinheiro. Para isso, confira abaixo os principais mitos e verdades sobre economizar.

Não dá para juntar dinheiro ganhando pouco
Mito – É possível criar o hábito de poupar mesmo que você não tenha um salário alto ou fixo. Afinal, não é sobre quanto você ganha e sim sobre quanto você gasta. Se o seu salário for baixo, seus gastos também precisarão ser. E para isso, o principal segredo é se livrar das despesas desnecessárias, que muitas vezes passam de percebidas, mas no final do mês causam um verdadeiro rombo no orçamento.

É impossível juntar dinheiro em pouco tempo
Mito – Assim como o salário, o tempo também não é o ponto mais importante quando o assunto é juntar dinheiro. A palavra-chave aqui é organização. Com objetivos bem definidos e um bom planejamento, você pode ir mais longe do que imagina.

Preciso definir um percentual mínimo da minha renda para juntar por mês?
Verdade – O indicado é que você guarde pelo menos 10% do seu salário. Sem uma definição, é bem provável que você acabe não juntando nada em alguns meses. Por isso, assim que o salário cair, já separe os 10% que você não deverá usar por estarem destinados ao seu objetivo de juntar dinheiro. Se depois sobrar mais, melhor ainda.

Preciso deixar de viver para juntar dinheiro?
Mito – “Só se vive uma vez” deveria ganhar o prêmio da frase mais traiçoeira da história. Isso porque ela é responsável por boicotar a maioria dos planos de economizar. É claro que só se vive uma vez, mas um dos princípios básicos para se viver bem é ter uma vida financeira saudável e organizada, e isso passa obrigatoriamente por guardar dinheiro. Portanto, não caia nessa autossabotagem e siga firme no seu plano. Com um bom planejamento, você conseguirá juntar dinheiro sem abrir mão do lazer. É tudo uma questão de prioridades.

Existem várias formas de se organizar para juntar dinheiro
Verdade – Não tem fórmula mágica quando o assunto é economizar. Existe uma infinidade de técnicas que podem ser aplicadas com essa finalidade. Mas a verdade é que você precisa testar e ver o que de fato funciona para você. Por isso, você não precisa por em prática todas as dicas que lerá na lista abaixo. Comece aos poucos e veja o que mais se adequa à sua rotina e ao seu perfil.

10 dicas para começar a juntar dinheiro

1- Comece agora

Dar o primeiro passo é sempre a parte mais difícil. Então, não deixe para amanhã. Comece agora a cumprir uma meta de economia. Por menor que ela pareça, como juntar R$1 por dia, ela renderá mais frutos do que você imagina.

2- Organize receitas e despesas

Sem saber de onde vem e para onde vai o seu dinheiro, é impossível criar um bom planejamento para economizar. É necessário organizar e acompanhar suas receitas e despesas, pois só assim você poderá estabelecer uma meta de economia realista. Planilhas e aplicativos de planejamento financeiro são muito úteis para essa tarefa e bem mais eficientes do que os velhos papel e caneta.

3- Busque novas fontes de renda

Se você fez as contas e chegou à conclusão que as despesas estão maiores do que as receitas, uma alternativa pode ser conseguir uma renda extra. Você pode procurar uma nova oportunidade no mercado de trabalho para aumentar o seu salário ou ainda conciliar o emprego atual com outras atividades, como vendas online, aulas particulares, hospedagem para animais, entre outras coisas.

4- Reduza os seus gastos

Infelizmente, de acordo com o Índice de Saúde Financeira do Brasileiro (I-SFB), cerca de 70% dos brasileiros gastam mais do que ganham. Existem gastos que são indispensáveis, mas muitos podem ser reduzidos ou até eliminados. Dessa forma, examine os seus gastos e veja o que pode ser ajustado. 

5- Pague suas dívidas

Se você tem dívidas, saiba que elas são grandes inimigas da sua meta de juntar dinheiro. Isso porque os juros e as parcelas altas podem estar comprometendo boa parte da sua renda. Chegou a hora de organizar as suas dívidas e se preparar para quitá-las o quanto antes. Caso não seja possível quitar tudo no momento, você pode optar por substituir todas as suas dívidas por uma só. Para isso, você pode contar com o Crédito com Garantia de Imóvel, o CGI. Com ele, você usa o seu imóvel como garantia e consegue um empréstimo com juros e parcelas menores e mais prazo para pagar. Clique aqui para saber mais sobre o CGI.

6Fuja das compras parceladas

É muito satisfatório ir às compras, encher as sacolas e sair parcelando tudo no cartão de crédito sem se preocupar com nada, não é? Acontece que quando a fatura chega, não é tão divertido assim. Compras parceladas, quando mal administradas, podem virar uma bola de neve e se tornar um verdadeiro terror na sua vida financeira. Por isso, se você ainda está engatinhando na organização para juntar dinheiro, deixe as compras parceladas de lado momentaneamente. Quando você já tiver estiver estabilizado a sua rotina de poupar, poderá voltar de forma gradual e organizada.

7- Mapeie promoções e peça descontos

Não seja aquela pessoa que entra na primeira loja que vê pela frente e sai comprando sem nem mesmo perguntar o preço. Dê valor ao seu dinheiro. Se precisar comprar algo, compre. Mas pesquise preço, peça desconto e aproveite promoções. Pode parecer pouco dinheiro, mas se isso se tornar um hábito, representará uma boa economia no final das contas.

8- Aproveite o melhor da vida (é de graça)

Já ouviu falar que o melhor da vida é de graça? Então, explore formas de se divertir e ter um tempo agradável que não envolvam gastos, como um passeio no parque em uma tarde ensolarado, uma conversa gostosa com aquele familiar que sempre tem um bom conselho para dar ou uma visita a um amigo de longa data que faz tempo que você não vê.

9 – Coma menos na rua

Ir a um bom restaurante de vez em quando não faz mal a ninguém. O problema é quando comer fora de casa vira regra e se transforma em uma grande e recorrente despesa. Levar sua própria comida para o trabalho ou preparar refeições em casa pode ser uma boa forma de economia, além de ser mais saudável e divertido para explorar novas receitas e por em prática os seus dotes culinários.

10- Invista as suas economias

Sabia que o dinheiro que você tanto batalha para guardar pode se multiplicar sem você precisar fazer nenhum esforço? O nome disso é investimento. E não pense que isso é só para quem já tem muita grana não. Investir é uma estratégia que está ao alcance de todos e irá fazer você alcançar os seus objetivos muito mais rápido.

Existem opções de investimento seguras e com aporte inicial acessível. Para quem está começando, as oportunidades de renda fixa costumam ser muito atrativas, já que existem títulos com liquidez diária, baixo risco e retornos vantajosos e previsíveis. Conheça nossos produtos de renda fixa.

Com disciplina e organização, você conseguirá economizar e investir para conquistar todos os seus objetivos. E se precisar de um apoio para começar, você pode contar com o nosso time de especialistas para analisar o seu perfil e indicar as melhores soluções para fazer o seu dinheiro render. Abra a sua conta e converse com um de nossos especialistas em investimentos.

Recomendar Conteúdo:
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook

Quem leu essa matéria também gostou

Matérias mais lidas

Gostaria de receber novidades?

    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

    WhatsApp
    LinkedIn
    Twitter
    Facebook

      Ei, tá curtindo o nosso Blog?

      Inscreva-se para receber as nossas novidades dicas financeiras exclusivas e conteúdo especial na sua caixa de entrada.




      Obrigado por se inscrever!