Halving do Bitcoin: saiba o que é e quando vai acontecer em 2024

halving-bitcoin-2024

Nos círculos financeiros e tecnológicos, poucos fenômenos têm gerado tanto interesse e debate quanto o halving do Bitcoin.

Este evento, que ocorre de quatro em quatro anos, tem consequências significativas para a criptomoeda mais famosa do mundo, ao gerar uma escassez planejada no ativo.

Neste artigo, vamos ver em detalhes o que é o halving do Bitcoin, como funciona e qual é o seu impacto no mercado e na comunidade de criptomoedas. Boa leitura!

O que é o Bitcoin?

Para entender o halving do Bitcoin, é fundamental que você conheça o conceito do próprio Bitcoin.

Lançada em 2009 por uma pessoa ou grupo sob o pseudônimo de Satoshi Nakamoto, o Bitcoin é a primeira e mais conhecida criptomoeda do mundo.

Ela funciona como um sistema de pagamento peer-to-peer, descentralizado e baseado em tecnologia blockchain.

Todas as transações realizadas com essa moeda são validadas por uma grande comunidade de mineradores, que, utilizando computadores poderosos, conferem transparência e segurança ao processo.

Após resolverem problemas matemáticos complexos, os mineradores são remunerados com novos Bitcoins e taxas de transação.

O Bitcoin se apresenta como uma alternativa frente às moedas convencionais, podendo ser usado para transações online, transferências internacionais e investimentos, visto que o seu valor oscila de acordo com a relação entre a oferta e a demanda.

Com o passar dos anos, o número de usuários cresce cada vez mais e esse ativo é visto por muitos como uma maneira de proteger uma reserva financeira contra a inflação.

O que é halving?

O termo “halving” em inglês significa “divisão ao meio” ou “redução pela metade”.

No contexto das criptomoedas, o halving refere-se à redução pela metade da recompensa que os mineradores recebem por cada bloco de transações que verificam e adicionam ao blockchain.

O Bitcoin foi projetado para ter um fornecimento máximo de 21 milhões de unidades, o que o torna deflacionário por natureza.

Para garantir que essa oferta seja distribuída de forma gradual ao longo do tempo e para controlar a inflação, o protocolo do Bitcoin inclui o halving como parte de seu funcionamento.

O que é o halving do Bitcoin?

quando-vai-ser-o-halving-do-bitcoin

O halving do Bitcoin é um evento predefinido e programado que ocorre a cada 210.000 blocos minerados, o que equivale a aproximadamente quatro anos.

Quando ocorre o halving, a recompensa que os mineradores recebem é reduzida pela metade. Isso significa que a quantidade de novos Bitcoins criados a cada bloco também é cortada pela metade.

Por exemplo, quando o Bitcoin foi lançado em 2009, a recompensa por bloco era de 50 Bitcoins. Em 2012, ocorreu o primeiro halving, reduzindo essa recompensa para 25 Bitcoins por bloco.

Em 2016, ocorreu o segundo halving, diminuindo ainda mais a recompensa para 12,5 Bitcoins por bloco.

No halving programado para ocorrer em 2024, a recompensa será novamente reduzida pela metade.

A previsão é que o Bitcoin passe por 33 halvings até que todas as 21 milhões de unidades sejam mineradas, o que deve acontecer no ano de 2140.

Para que serve o halving do Bitcoin?

O halving do Bitcoin tem vários propósitos importantes. Um deles é controlar a inflação da criptomoeda, garantindo que a oferta de novos Bitcoins no mercado seja limitada e previsível.

Podemos dizer que o halving também tem o efeito de aumentar a escassez do Bitcoin, o que pode potencialmente elevar seu valor no mercado.

Isso torna o Bitcoin semelhante a commodities como o ouro, que também são escassas e têm um fornecimento limitado, o que contribui para o aumento da confiança dos investidores no Bitcoin como uma reserva de valor e pode levar a uma maior demanda pela criptomoeda.

Esse processo pode influenciar o preço do Bitcoin. Como a quantidade disponível diminui e a demanda continua igual ou aumenta, o valor pode subir.

Contudo, existem diversas variáveis que podem interferir no preço do Bitcoin. Sendo assim, a alta não é garantida.

Como funciona o halving do Bitcoin?

Basicamente, o processo se resume a redução da remuneração dos mineradores. Durante o halving, as negociações de Bitcoin seguem sendo feitas normalmente.

Além disso, as criptomoedas que já estão em circulação também não sofrem alterações.

Quem criou a definição das regras do halving do Bitcoin?

As regras do halving do Bitcoin foram definidas no código-fonte original da criptomoeda, elaborado por Satoshi Nakamoto, que é um pseudônimo para um grupo ou uma pessoa.

Nakamoto estabeleceu o halving como parte do processo de mineração do Bitcoin desde o início, como uma forma de controlar a oferta de Bitcoins e gradualmente aproximar-se do limite máximo de 21 milhões de Bitcoins a serem criados.

Qual o impacto do halving do Bitcoin?

O halving do Bitcoin tem um impacto significativo em vários aspectos do ecossistema da criptomoeda.

Primeiramente, como vimos, ele reduz a taxa a oferta de Bitcoin, tornando-o um ativo potencialmente mais valioso.

O halving afeta também a rentabilidade da mineração de Bitcoin, já que os mineradores recebem menos Bitcoins como recompensa por seu trabalho.

O impacto também se estende ao mercado de criptomoedas como um todo.

Muitos investidores e traders acompanham de perto o halving, antecipando seus possíveis efeitos no preço do Bitcoin e em outros ativos digitais.

Veja alguns possíveis acontecimentos:

Diversificação de investimentos: quando investidores recorrem a outras criptomoedas para diversificar seus investimentos, impulsionando a demanda por moedas.

Efeito de mercado: como o Bitcoin é considerado referência no mercado de criptomoedas, se o seu preço aumentar, pode haver otimismo no mercado.

Competição por mineração: é possível que, com a redução na remuneração da mineração do Bitcoin, os mineradores busquem opções de criptomoedas mais lucrativas. Com isso, essas moedas podem se tornar mais seguras e valorizadas.

Quando vai ser o halving do Bitcoin 2024?

O último halving do Bitcoin ocorreu em 2020, e o próximo está programado para ocorrer em 2024.

Muitos investidores veem o halving como um evento importante que pode influenciar suas decisões de investimento em criptomoedas.

Como trata-se de um acontecimento conhecido com antecedência, é possível se preparar e ajustar suas estratégias de investimento.

Durante os meses que antecedem o evento, é comum observar um aumento no interesse pelo Bitcoin, com mais pessoas entrando no mercado na esperança de lucrar com a alta do preço que frequentemente acompanha o halving.

Além disso, o halving do Bitcoin também pode ter efeitos de longo prazo no ecossistema das criptomoedas.

Ao tornar o Bitcoin mais escasso e valioso, o halving pode aumentar a conscientização sobre criptomoedas em geral e atrair mais investidores institucionais e tradicionais para o mercado.

Isso, por sua vez, pode levar a uma maior adoção e integração do Bitcoin e de outras criptomoedas na economia global.

Se você também quer surfar na onda do halving do Bitcoin, aqui no Daycoval você pode investir em dois fundos multimercado que têm criptomoedas em suas composições, o  BLP DIGITAL 20 FIM e o Hasdex 20 NASDAQ CRYPTO ; além do ETF HASH11, que é um fundo de índice negociado na bolsa de valores. 

Abra a sua conta e aproveite os efeitos do halving do Bitcoin.

Conclusão

halving-bitcoin-histórico

O halving do Bitcoin é um evento muito relevante no ciclo de vida da criptomoeda, com impactos que se estendem por todo o seu ecossistema.

Ao reduzir a recompensa dos mineradores pela metade, o halving controla a inflação do Bitcoin e aumenta sua escassez, potencialmente influenciando seu valor de mercado.

Com o próximo halving se aproximando, é importante se preparar para possíveis mudanças no mercado e considerar como isso pode afetar suas estratégias de investimento em criptomoedas.

Lembre-se que o mercado de criptomoedas é altamente volátil e sujeito a influências externas imprevisíveis.

Portanto, sempre faça sua própria pesquisa e procure orientação de profissionais financeiros qualificados antes de tomar decisões. Bons investimentos!

selo-ambima

A classificação do Produto e os principais Fatores de Risco e de liquidez de cada fundo de investimento estão disponíveis no site do Banco Daycoval através do link: https://daycoval.com.br/investimentos/fundos-investimento A metodologia de avaliação para elaborar o quadro de destaque se baseia em alguns critérios, sendo os principais os seguintes: fundos abertos para captação, rentabilidade em diversas janelas de observação, índice Sharpe, índice Sortino, índice Alpha e volatilidade dos últimos doze meses. Aviso Importante: a rentabilidade divulgada já é líquida das taxas de administração, de performance e dos outros custos pertinentes ao fundo, desde que respeite o prazo padrão de conversão de resgates. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. O valor da cota, patrimônio e rentabilidade são divulgados diariamente em jornal de grande circulação. O investimento no fundo não é garantido pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Leia o formulário de informações complementares, a lâmina de informações essenciais, se houver, e o regulamento antes de investir. Os investimentos em fundos não são garantidos pelo administrador ou por qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, pelo Fundo Garantidor de Crédito. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de resultados futuros. Para a avaliação de performance de fundos de investimento, é recomendável uma análise de, no mínimo, doze meses; é recomendada a leitura cuidadosa do prospecto e regulamento dos fundos de investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos. Qualquer divulgação de informação sobre os resultados do fundo só pode ser feita, por qualquer meio, após um período de carência de 6 (seis) meses, a partir da data da primeira emissão de cotas. Os fundos de investimentos discutidos neste e-mail podem não ser adequados para todos os investidores. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira, com base em seu perfil de investidor, antes de tomar uma decisão de investimento. Aos investidores é recomendada a leitura cuidadosa de prospectos e regulamentos ao aplicar seus recursos. Para avaliação da performance de um fundo de investimento, é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. Este e-mail é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento do Banco Daycoval S/A. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso do Banco Daycoval S/A. Esta instituição é aderente ao código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para atividade de Distribuição de Produtos de Investimento.

Recomendar Conteúdo:
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook

Quem leu essa matéria também gostou

Matérias mais lidas

Gostaria de receber novidades?

    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

    WhatsApp
    LinkedIn
    Twitter
    Facebook

      Ei, tá curtindo o nosso Blog?

      Inscreva-se para receber as nossas novidades dicas financeiras exclusivas e conteúdo especial na sua caixa de entrada.




      Obrigado por se inscrever!