Selic em queda: é hora de investir em títulos prefixados? Leia e descubra!

títulos prefixados

Investir em renda fixa no Brasil é a solução mais comum para muitas pessoas, já que a nossa taxa básica de juros é tradicionalmente alta e se torna uma alternativa muito interessante frente aos demais produtos disponíveis.

A renda fixa, além de ser mais rentável em muitos casos, é menos arriscada e, dependendo do título, é possível saber exatamente o rendimento durante o período em que o valor estiver aplicado até a data de vencimento.

Esse é o caso dos títulos prefixados. Mas será que agora é o momento certo para entrar nesse mercado? Continue lendo este artigo para descobrir a resposta!

O que são títulos prefixados

Em títulos prefixados, a taxa de rendimento é estabelecida no momento da contratação. Ou seja, desde o início, você sabe exatamente quanto receberá no vencimento do título. Essa característica proporciona uma previsibilidade que atrai muitos investidores.

títulos prefixados

Já os títulos pós-fixados acompanham um determinado índice, normalmente IPCA ou CDI, e sua rentabilidade é apurada ao final do período, de acordo com a evolução do índice em questão.

Saiba mais sobre renda fixa pré e pós-fixada:

Como utilizar títulos prefixados a nosso favor?

Esses produtos permitem travar uma determinada taxa de remuneração que é declarada no momento inicial do investimento.

Sendo assim, é possível se beneficiar em contextos em que esperamos que a taxa básica de juros (Selic) caia após o início da aplicação.

Imagine que um investidor coloque seu dinheiro em um título atrelado ao CDI (que acompanha a Selic) por um ano e a taxa básica de juros seja reduzida gradativamente nas reuniões do Copom, que ocorrem a cada 45 dias.

A aplicação pós-fixada teria rendimentos gradualmente menores enquanto a prefixada se manteria constante.

Veja abaixo uma estimativa de evolução entre uma taxa anual prefixada versus a Selic ao longo de uma aplicação de janeiro/2024 a dezembro/2024, projetando um cenário hipotético de redução da taxa básica de juros brasileira de acordo com o Boletim Focus de janeiro/2024:

títulos prefixados

Esse investimento teria rendimentos com taxas cada vez menores, conforme os juros fossem reduzidos, seguindo nosso exemplo.

Já em um produto prefixado, como o CDB Daycoval Pré 11,15% a.a. com prazo de 1 ano, a mesma taxa seria aplicada durante todo o período, blindando assim o investidor do efeito da mudança nos juros da economia.

Veja a diferença em uma aplicação de R$ 50.000,00 entre os dois casos, seguindo a mesma dinâmica no exemplo teórico abaixo:

títulos prefixados

Como podemos ver, a aplicação em título prefixado teria uma vantagem antes dos impostos de R$ 491,25 em um ano.

Lembrando que este efeito tende a ser ainda maior conforme o prazo for mais longo, aumentando o benefício do investidor.

Vale a pena investir em prefixado em 2024?

títulos prefixados

Estamos vivendo um período em que o Copom vem cortando os juros reunião após reunião e com uma expectativa geral do mercado, refletida na pesquisa semanal chamada Boletim Focus, de que a Selic seguirá caindo ao longo deste ano.

Sendo assim, é importante considerar produtos com taxas prefixadas que travem a remuneração das aplicações de modo a evitar o efeito do corte de juros nos investimentos para não ter queda na rentabilidade do portfólio.

Vantagens e desvantagens dos títulos prefixados

Apesar do momento propício, antes de investir em um título prefixado, vale a pena considerar suas vantagens e desvantagens. São elas:

Vantagens:

Previsibilidade: Uma das principais vantagens é saber antecipadamente quanto irá ganhar ao final do período de investimento, o que representa uma segurança valiosa para o investidor.

Proteção contra inflação: Títulos prefixados podem oferecer uma proteção contra a inflação quando apresentam um rendimento superior ao IPCA, sendo uma forma inteligente de manter o seu poder de compra.

Diversificação de riscos: Incluir títulos prefixados na carteira é uma forma eficiente de diversificar riscos, especialmente em momentos de incerteza econômica.

Desvantagens:

Perda de oportunidades: A principal desvantagem dos títulos prefixados é a potencial perda de oportunidades de ganhos maiores. Se as taxas de juros aumentarem durante o período de investimento, o investidor ficará preso a uma taxa fixa, perdendo a chance de aproveitar taxas mais atrativas.

Menor liquidez: Em comparação com outros instrumentos financeiros, os títulos prefixados podem ter uma liquidez menor. Isso significa que retirar o investimento antes do vencimento pode resultar em perdas.

O que considerar antes de investir

Antes de investir em títulos prefixados, é importante avaliar alguns pontos. Primeiramente, analise o seu perfil de risco. Títulos prefixados são ideais para perfis mais conservadores, que buscam segurança e previsibilidade.

Outro ponto relevante é o horizonte de investimento. Se você tem um objetivo de curto prazo, os títulos prefixados podem ser uma escolha adequada. No entanto, para objetivos de longo prazo, é importante considerar a possibilidade de perder oportunidades de ganhos maiores.

Além disso, é essencial entender as condições econômicas atuais. Como vimos, se as taxas de juros estão com previsão de queda, como agora, é um bom momento para investir em títulos prefixados. Por outro lado, se as taxas estão em ascensão, pode ser prudente considerar outras opções.

Passo a passo para investir em títulos prefixados

Investir em títulos prefixados envolve alguns passos simples. Comece pela escolha de uma instituição financeira confiável que ofereça esse tipo de investimento, como o Daycoval.

Em seguida, avalie as opções disponíveis, considerando o prazo, a taxa de rendimento e as condições de resgate.

Após a escolha do título, é preciso realizar a compra. Esse processo geralmente envolve a transferência de recursos para a conta na instituição financeira escolhida.

Vale ressaltar que algumas instituições podem oferecer plataformas online que facilitam o processo de compra e acompanhamento dos títulos, que é o caso do app do Daycoval.

A última etapa é monitorar o investimento ao longo do tempo. Mesmo sendo uma aplicação de renda fixa, é importante estar ciente das condições do mercado e avaliar se a estratégia de investimento permanece alinhada aos seus objetivos.

Agora que você entende a dinâmica desses títulos, é hora de aproveitar esta janela de oportunidade e começar a investir em títulos prefixados enquanto eles seguem oferecendo retornos atrativos.

títulos prefixados

Conclusão

títulos prefixados

Em resumo, investir em títulos prefixados pode ser uma decisão sólida, especialmente em momentos em que há previsão de repetidas quedas na Selic, como espera-se para este ano.

Essa também costuma ser uma opção atrativa para investidores mais conservadores em busca de previsibilidade.

No entanto, lembre-se de considerar as vantagens e desvantagens, analisar o cenário econômico e, acima de tudo, diversificar.

A combinação inteligente de títulos prefixados com outros instrumentos financeiros é a receita para uma carteira resistente aos desafios do mercado.

Esta é a hora certa para avaliar, decidir e, com sabedoria, dar passos seguros em direção ao sucesso financeiro. Bons investimentos!

Recomendar Conteúdo:
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook

Quem leu essa matéria também gostou

Matérias mais lidas

Gostaria de receber novidades?

    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

    WhatsApp
    LinkedIn
    Twitter
    Facebook

      Ei, tá curtindo o nosso Blog?

      Inscreva-se para receber as nossas novidades dicas financeiras exclusivas e conteúdo especial na sua caixa de entrada.


      Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.


      Obrigado por se inscrever!

        Ei! Espera um minutinho, por favor!

        Inscreva-se no Blog Daycoval para receber as nossas novidades, dicas financeiras exclusivas e conteúdo especial na sua caixa de entrada.


        Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.


        Obrigado por se inscrever!