Categorias

Como ter uma renda passiva mensal? Saiba o que é preciso!

renda-passiva-de-1000-reais

Você também sonha em ter dinheiro entrando na sua conta todos os meses sem precisar trabalhar por isso?

Então, você está em busca de uma renda passiva mensal. A boa notícia é que existem muitas formas de você tornar esse sonho realidade antes do que você imagina.

Neste artigo, você irá compreender o conceito de renda passiva, como calculá-la e as melhores estratégias para conquistar esse objetivo da sua vida financeira. Boa leitura!

O que é renda passiva?

O termo renda passiva refere-se a ganhos financeiros que não exigem esforço constante para serem mantidos.

Em outras palavras, é o dinheiro que você ganha sem precisar trocar o seu tempo por ele.

Imagine como seria bom poder tirar um ano sabático e continuar recebendo dinheiro todos os meses. A renda passiva pode te proporcionar isso!

Existem várias formas de renda passiva, como rendimentos de investimentos, royalties, aluguéis e dividendos de ações.

Porém, para chegar à uma renda significativa, é preciso traçar uma estratégia muito bem elaborada, como veremos mais adiante.

Renda passiva x renda ativa: quais as diferenças?

Antes de ver o que você precisa fazer para conquistar a sua renda passiva, é importante entender qual é a diferença entre esse tipo de renda e a renda ativa. Vamos conferir:

Renda passiva

Como vimos, a renda passiva é o recurso que você recebe sem a necessidade de um trabalho contínuo. Você realiza um investimento inicial e depois colhe os frutos ao longo do tempo.

Existem dois tipos distintos de renda passiva. São eles:

  • Renda passiva com capital: quando você utiliza o seu dinheiro para obter novas fontes de renda.
  • Renda passiva sem capital: recursos recebidos como fruto de um trabalho ou ato realizado anteriormente, como pensão, direitos autorais e royalties, por exemplo.                                                                                                                                                              

Os principais tipos de renda passiva são:

Dividendos de ações

Os dividendos são lucros distribuídos por empresas de capital aberto aos seus acionistas. Essa é uma das formas mais populares de renda passiva.

Quando você investe em ações de empresas que pagam dividendos, você recebe uma parte dos lucros periodicamente, sem a necessidade de trabalhar ativamente.

Rendimentos de títulos

Os rendimentos de títulos públicos e privados são ganhos gerados por investimentos de renda fixa.

Basicamente, quem compra um título, faz uma espécie de empréstimo para a instituição emissora, como o governo, o banco ou uma empresa, e recebe juros sobre o valor investido em intervalos de tempo regulares.

Essa é uma das opções de renda passiva com menor risco em comparação com investimentos mais arrojados.

Assista ao vídeo sobre tudo que você precisa saber para investir em títulos de renda fixa:

Aluguéis de imóveis

Se você tem propriedades e está disposto a disponibilizá-las para inquilinos, você tem uma fonte de renda passiva em mãos.

Ao fornecer o seu imóvel para ser utilizado por terceiros, você receberá um pagamento mensal regular.

Para quem tem familiaridade com o mercado imobiliário, esta pode ser uma alternativa viável.

Entretanto, ao contrário do que muita gente pensa, esse não é um investimento totalmente seguro.

Existem riscos inerentes a esse tipo de negócio, como o risco de vacância, desvalorização da região, custos elevados e baixa liquidez.

Royalties

Se você é um autor, músico, inventor ou detentor de propriedade intelectual, você pode receber royalties, que são pagamentos feitos toda vez que seus trabalhos forem usados ou vendidos, como livros, patentes e músicas.

Renda ativa

A renda ativa, por outro lado, depende do seu trabalho ou esforço contínuo. Isso inclui salários de emprego, honorários profissionais e receitas de negócios próprios em que você está ativamente envolvido.

Se você parar de trabalhar, sua renda ativa diminuirá ou se encerrará. Sendo assim, é natural que, de forma geral, as pessoas passem parte da vida produzindo uma renda ativa para investi-la e construir uma renda passiva.

Como-ter-5.000-de-renda-passiva

É possível viver de renda passiva?

Não só é possível viver de renda passiva como muitas pessoas comuns, que não ganharam na loteria e não receberam uma grande herança, conseguiram obter esse êxito.

O ponto principal para isso é estabelecer um bom planejamento de longo prazo e segui-lo à risca, o que exige tempo, disciplina e conhecimento do mercado financeiro. 

De acordo com o Raio-x do Investidor 2023, um estudo realizado pela Ambina, o brasileiro vem conseguindo economizar e investir mais a cada ano.

O número de pessoas que conseguiu economizar passou de 27%, em 2021, para 32% em 2022.

Já o percentual de investidores saltou de 31% para 36% no mesmo período.

Como ter uma renda passiva mensal?

Muita gente tem a falsa crença de que para viver de renda é preciso investir muito dinheiro, mas a premissa é justamente o contrário: a renda passiva deve ser construída e está muito mais relacionada com quando você começa a fazer isso do que com quanto. 

Quem opta por iniciar sua reserva financeira no começo da carreira, ganha muito tempo para o período de acumulação e se beneficia do poder dos juros compostos nos investimentos.

Na sequência, vem a fase de multiplicação, que é quando você já acumulou certo volume de recursos e começa a apostar na diversificação para aumentar ainda mais o seu patrimônio.

Por fim, a última e melhor parte é a fase de fruição, quando você passa a usufruir de tudo que acumulou ao longo do tempo.

Quer uma renda passiva mensal e não sabe por onde começar? Siga o passo a passo:

1 – Tenha um planejamento

O primeiro passo para ter uma renda passiva mensal é montar um bom plano de ação.

Será necessário ter total controle do seu orçamento para saber quanto você poderá poupar, além calcular o que precisará ser feito para conquistar a renda esperada no tempo desejado.

2 – Livre-se das dívidas

Não dá para pensar em viver de renda passiva se você possui dívidas. Antes de qualquer coisa, o mais indicado é quitá-las para evitar a cobrança de juros e desafogar o orçamento.

3 – Comece o mais cedo possível

Como vimos, o tempo é um aliado quando o assunto é ter uma renda passiva mensal. Quanto antes você começar a acumular, mais cedo poderá aproveitar a sua renda.  

4 – Faça investimentos constantes

Com o plano traçado e a reserva financeira iniciada, o próximo passo é garantir aportes constantes e cada vez mais robustos nos investimentos mais indicados para o seu perfil de investidor e objetivos.  

5 – Monitore os seus resultados

Como a formação de uma renda passiva ocorre no longo prazo, durante esse período, é muito importante que você reavalie a estratégia e recalcule a rota sempre que for necessário, de acordo com as mudanças na economia e nos seus objetivos.

Como montar uma carteira de renda mensal?

Construir uma carteira de renda mensal é essencial para garantir um fluxo constante de ganhos.

Planeje seu portfólio com uma composição de investimentos que ofereçam renda passiva, como ações, títulos e fundos, que veremos em detalhes a seguir.

Tenha em mente que a diversificação também é vital para garantir a estabilidade financeira a longo prazo.

Onde investir para ter renda mensal passiva?

Ações pagadoras de dividendos

Uma das maneiras mais comuns de criar uma renda passiva mensal é investir em ações pagadoras de dividendos.

À medida que algumas empresas de capital aberto geram lucro, uma parte é distribuída aos acionistas periodicamente.

Portanto, se o seu foco é a geração de renda, escolha ações de empresas sólidas que paguem dividendos consistentes.

Fundos de investimento imobiliário (FIIs)

Os fundos de investimentos imobiliários são uma maneira conveniente de investir no mercado imobiliário sem comprar imóveis físicos e, consequentemente, sem precisar arcar com burocracias e perder a liquidez.

Esse tipo de investimento costuma pagar uma renda mensal aos investidores com base nos aluguéis e nos ganhos de valorização das propriedades do fundo.

Títulos de renda fixa

Os títulos de renda fixa, como CDB, Tesouro Direto, LCI e LCA, por exemplo, remuneram os investidores por meio do pagamento de juro, que pode ser prefixado (acordado no momento da compra do título), pós-fixado (acompanhando os movimentos de um indexador da economia) ou híbrido.

Previdência privada

A previdência privada é um tipo de investimento específico para quem deseja ter uma renda passiva mensal no futuro.

Aqui, o investidor realiza aportes ao longo dos anos e depois tem o direito de receber uma renda vitalícia ou por um determinado período, além de poder optar por sacar o valor acumulado.

Como fazer o cálculo da renda passiva mensal e viver de dividendos?

Para descobrir quanto você precisa investir para conquistar sua renda passiva mensal, você deve, primeiramente, calcular o valor da renda desejada.

Estime o orçamento que será necessário para arcar com os custos do estilo de vida que você deseja ter no futuro e, na sequência, defina os aportes e a rentabilidade dos investimentos indicados para chegar ao seu objetivo.

Vamos ver um cenário hipotético:

Se você deseja ter uma renda de R$ 10 mil por mês, em um cenário em que a inflação média seja de 4% e o rendimento médio dos seus investimentos seja de 8%, você precisará de um patrimônio de R$ 3 milhões.  

Claramente, esses valores precisam ser ajustados ao longo do tempo, afinal, a inflação e os juros não são constantes e podem variar muito em diferentes momentos da economia. 

Para conseguir manter a sua carteira rentável e a sua renda passiva estável durante essas oscilações, é indispensável que você conte com o acompanhamento constante de um profissional do mercado financeiro.

Aqui no Daycoval, nossos assessores de investimento realizam o monitoramento completo das condições do mercado e do desempenho do seu portfólio para capturar as melhores oportunidades sempre.

Se você deseja ter uma renda passiva mensal segura e estável, abra a sua conta e comece a investir agora mesmo.

Conclusão

renda-passiva-simulador

A renda mensal passiva é um caminho muito possível para qualquer um que esteja disposto a se dedicar e investir para conquistar a liberdade financeira.

Embora não seja uma jornada fácil, os benefícios de ganhar dinheiro enquanto você aproveita a vida são inegáveis.

Com dedicação e aprendizado contínuo, é possível construir uma fonte confiável de renda passiva que lhe permitirá desfrutar de um futuro mais tranquilo e confortável. Bons investimentos!

Recomendar Conteúdo:
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Facebook

Quem leu essa matéria também gostou

Matérias mais lidas

Gostaria de receber novidades?

    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

    WhatsApp
    LinkedIn
    Twitter
    Facebook

      Ei, tá curtindo o nosso Blog?

      Inscreva-se para receber as nossas novidades dicas financeiras exclusivas e conteúdo especial na sua caixa de entrada.




      Obrigado por se inscrever!